6 armadilhas que até os investidores mais experientes caem Investimento

6 armadilhas que até os investidores mais experientes caem

Guto Schiavon

Mesmo investidores mais experientes, vez por outra, caem em armadilhas que prejudicam a rentabilidade de seus investimentos ou, até mesmo, levam a perdas financeiras consideráveis.
Contar apenas com as sugestões do gerente do banco ou da corretora, não se informar sobre investimentos e não apostar na diversificação da carteira estão entre as práticas que podem prejudicar sua atuação como investidor.
Investir de forma descuidada, desconsiderar taxas, custos de transação e inflação, além de seguir cegamente o mercado também são atitudes perigosas, que podem comprometer seus rendimentos de forma irreparável.
Veja 6 armadilhas que investidores caem e aprenda como evitá-las.

1. Confiar apenas nas sugestões do gerente e/ou da corretora

Uma das armadilhas que investidores caem é escolher sua carteira com base apenas nas recomendações do gerente do banco ou da corretora. É inegável que contar com a ajuda desses profissionais é conveniente, no entanto, a facilidade pode colocar em risco a rentabilidade alcançada.
Para não cair nessa armadilha, procure sempre buscar novas oportunidades de investimento no mercado. Não deixe ainda de fazer uma pesquisa antes de seguir as recomendações do gerente ou do corretor de investimentos.

2. Não se informar sobre investimentos

Quando o assunto é investimento, informação vale ouro. Muitos investidores experientes cometem o equívoco de achar que sabem tudo sobre o assunto porque acompanham a editoria de economia nos jornais. No entanto, apenas isso não é suficiente.
Para realmente se informar sobre investimentos, é preciso ler constantemente sobre o assunto, inclusive publicações especializadas. É um mercado dinâmico, por isso a única forma de ter segurança na hora de investir é estar antenado em relação às novidades e produtos que surgem a cada dia.

3. Não diversificar a carteira

Uma armadilha que pode prejudicar a rentabilidade dos seus investimentos é não diversificar sua carteira. Isso acontece, muitas vezes, porque o investidor conhece bem apenas um tipo de aplicação e, por isso, não se sente seguro em colocar seu dinheiro em outras modalidades.
Não caia nessa armadilha optando sempre por diversificar seu portfólio de investimentos. Escolha aplicações de acordo com seu perfil de investidor, situação atual do mercado e seus objetivos financeiros de curto, médio e de longo prazo.

4. Investir de forma descuidada

Muitos investidores não encaram o ato de investir com a devida seriedade. Não planejam seus investimentos, não consideram a possibilidade de perdas e, muitas vezes, se deixam levar pela ganância ao ganhar dinheiro com determinada aplicação.
Para não cair nessa armadilha, é essencial planejar seus investimentos, diversificar sua carteira e sempre ter uma reserva de emergência para o caso de perdas.

5. Desconsiderar taxas

Outro erro comum cometido por investidores é ignorar impostos, taxas e custos de transações ao investir. Isso leva a uma surpresa nada agradável ao descobrir que não ganhou tanto dinheiro quanto imaginava com uma operação. Informe-se!

6. Seguir cegamente o mercado

Não são poucos os investidores que por insegurança ou, até mesmo, falta de informação, seguem cegamente todos os movimentos do mercado na hora de investir. Com isso, só compram ações quando estão na alta e nem pensam duas vezes antes de vendê-las na baixa.
Esse tipo de comportamento, apesar de comum, faz o investidor perder dinheiro. Para evitar essa armadilha, é essencial estudar os cenários e avaliar as situações em que vale a pena comprar ações no momento de baixa. Pode ser uma oportunidade de ouro de comprar ativos de uma empresa confiável por um preço mais baixo, por exemplo.
Siga nossas dicas e evite as armadilhas que investidores caem.
Gostou deste conteúdo? Não deixe de compartilhar nas suas redes sociais!