Bitcoin a R$ 100 mil? – Foxbit no SeuDinheiro

nov 18, 2020 | Imprensa

“Depois das altas recordes e do grande crash de 2017, muita gente duvidou que as criptomoedas realmente vingariam. Mesmo com uma pandemia no meio do caminho, 2020 veio para provar que o bitcoin & cia ainda têm muito a oferecer.

Nas últimas semanas, a principal criptomoeda do mercado acelerou o seu movimento de alta e se aproxima cada vez mais da sua máxima histórica de US$ 20.089, alcançado em dezembro de 2017. Em reais, com a influência do câmbio, a cotação vem renovando as máximas históricas quase que diariamente nos últimos meses, deixando para trás — com folga — o patamar dos R$ 70 mil de 2017.

Depois de recuperar o patamar pré-crise e passar cerca de dois meses estável, o bitcoin engatou uma sequência de altas desde o começo de setembro e não parece o movimento deva se reverter em breve. Nos últimos 60 dias, a moeda acuma ganhous superiores a 65%. No ano, a valorização ultrapassa os 350%.

Nesta quarta-feira (18), por volta das 10h30, o bitcoin subia 6,44%, aos US$ 18.057,31. Em março, antes da fase mais aguda da crise de liquidez, a moeda estava cotada a US$ 13 mil.

Em reais, estamos quase alcançando a marca dos R$ 100 mil reais. Por volta do mesmo horário, o bitcoin estava avaliando em R$ 97 mil, mas a moeda digital chegou a superar a marca dos R$ 98 mil. Romper a barreira dos 100 mil é só questão de tempo.

Embora o rali possa surpreender alguns, os fundamentos para a alta não são uma novidade tão grande assim.

Se perguntando se ainda dá tempo de surfar essa onda?

Saiba que, para os especilistas do mercado, a resposta é sim. Ricardo Dantas, Co-CEO da Foxbit, uma das maiores exchanges de criptomoedas do Brasil, ressalta que apesar dos 11 anos de existência, ainda estamos no começo desta onda de valorização (e das criptomoedas, como um todo).

Mas se você está procurando ganhos exorbitantes em um curto espaço de tempo, o investimento em criptomoedas pode não ser o mais saudável.

Embora menos volátil do que em outros momentos, o cenário segue sendo de alta volatilidade. O ideal é que se olhe para as criptomoedas como um investimento de longo prazo.”

SeuDinheiro – 18/11/2020

LEIA A MATERIA COMPLETA >>>

Últimos posts

SatoshiCall

Quer ficar por dentro das principais notícias do mercado?

Deixe o seu e-mail* ao lado e receba o SatoshiCall, nossa newsletter diária com as principais notícias do mercado financeiro.