Bitcoin fecha com alta de mais de 200% no primeiro semestre de 2019 Destaques

Bitcoin fecha com alta de mais de 200% no primeiro semestre de 2019

Chegou a hora de avaliarmos como foi o primeiro semestre do mercado de cripto em 2019.

O mercado de criptomoedas esteve bem aquecido no primeiro semestre de 2019. Acompanhe com a gente tudo que rolou nos últimos meses.

No primeiro semestre deste ano, o Bitcoin teve uma valorização de mais de 200%, do dia 1º de Janeiro até 30º de Junho, saindo do valor de R$ 15.000 para a alta significativa de R$ 47.000.

No total, o mercado brasileiro de criptomoedas negociou R$ 3.800.000.000,00 nos primeiros 6 meses do ano, totalizando mais de 155.500 BTCs nas dez principais exchanges do mercado. 

Só na Foxbit foram negociados um total de R$ 850 milhões, ocupando a segunda posição no Rank em maior volume de negociação de bitcoins.

A variação mensal deu um lucro excelente para quem investiu nesse período. Por exemplo, se você tivesse comprado um Bitcoin em Janeiro por $3.578,00 (cerca de 14.000 reais), que era o preço de um Bitcoin na época, em março você teria já $4.029,00 (16.000 reais) e em junho $9.186,00 (36.900 reais), rendendo mais que o dobro do investimento inicial.

Com a alta volatilidade do mercado, ocorreu o aumento do Spread (diferença entre o preço de compra e venda) e as oportunidades de poder de negociação aumentaram.

Em um cenário bem positivo, fizemos uma breve comparação do bitcoin em relação a outros investimentos:

Bovespa

O mercado de ações subiu no mesmo período em que houve a alta no bitcoin, batendo os 100 mil pontos, com a valorização de 17% contra o aumento de 226% do Bitcoin.

BRF

Teve um ótimo desempenho de lucro na bolsa, sendo 45% no primeiro semestre, e mesmo assim não bateu o valor do Bitcoin.

Taxa Selic

Se manteve em 6,5% ao ano até Junho, caindo para 6% no segundo semestre. Essa queda faz com que as pessoas busquem ativos que tragam retornos maiores, como ações e criptomoedas.

Como podemos ver no gráfico abaixo, o valor em dólar do Bitcoin nesse primeiro semestre chegou acima de 12.500,00 dólares (em média R$49.900,00). Por mais que a volatilidade do ativo seja muito alta, a cripto fechou o mês com um valor lucrativo.

Os últimos anos foram de grande destaque para as criptomoedas, as consequências disto é a quantidade de novos investidores no Brasil, que hoje, já superou o número de pessoas com conta na Bovespa. 

Importante: Antes de investir em ativos descentralizados, invista um pouco do seu tempo para entender a respeito do mercado, acompanhando e entendendo o funcionamento desta tecnologia, reconhecendo suas características e escolhendo uma uma corretora confiável para realizar negociações.


A Foxbit utiliza cookies com o objetivo de melhorar sua experiência em nossa página web e adaptar o conteúdo para torná-lo mais útil e acessível. Para mais informações, consulte a nossa política de cookies.

×

Compre e venda criptos agora pelo app

Com ele você pode comprar e vender com agilidade e facilidade de onde estiver. Tudo o que você precisa na palma da sua mão.

BAIXE AGORA