Bitcoin vs. Ouro: qual é o melhor investimento? Bitcoin

Bitcoin vs. Ouro: qual é o melhor investimento?

Guto Schiavon

Você sabia que o bitcoin já está valendo mais que o ouro? É verdade que o ouro continua sendo o metal mais valioso, mas cada vez mais o bitcoin vem chamando a atenção dos mercados internacionais, tornando-se uma commodity altamente discutida.
Diante desse cenário, na hora de investir muita gente fica com a seguinte dúvida: devo investir em bitcoin ou em ouro? É claro que não existe uma resposta definitiva. Como sempre, é preciso refletir sobre os seus objetivos no investimento e avaliar as diferentes variáveis envolvidas nas duas modalidades. De qualquer forma, as oportunidades existem para quem souber estudar as possibilidades.
Para ajudar nessa decisão, trouxemos este post comparativo com informações úteis. Aqui, você vai entender melhor algumas das vantagens e desvantagens do ouro e do bitcoin, podendo tomar sua decisão com mais confiança. Vamos lá?

Liquidez

Bitcoin

No momento, a liquidez é uma desvantagem do bitcoin em relação ao ouro, simplesmente por ainda não ser utilizado de forma tão ampla ao redor do mundo. Por outro lado, essa realidade já está mudando. Cada vez mais estabelecimentos aceitam pagamentos na criptomoeda.
Além disso, se pararmos para analisar, a grande maioria das transações monetárias no planeta já são feitas de maneira totalmente eletrônica — sem utilizar trocas de metais ou papel-moeda. Com isso, a tendência é que o uso de bitcoin cresça ainda mais devido à sua natureza, à sua praticidade e ao baixo custo por transação.

Ouro

No mercado americano, os investidores podem aplicar em ouro por meio do mercado futuro. Entretanto, no Brasil esse investimento continua atrelado à disponibilidade do ouro em seu estado físico, o que prejudica a liquidez.
Para a maioria das pessoas, continua inviável armazenar grandes quantidades de ouro em estado físico ou até mesmo fazer a troca do metal com facilidade no dia a dia.

Estabilidade da cotação

Bitcoin

Sem dúvida, o preço do bitcoin ainda passa por altos e baixos regularmente. Dentro de curtos períodos, a moeda pode apresentar grandes quedas ou grandes altas.
Para os investidores, essa alta volatilidade pode ser tanto boa quanto ruim, dependendo dos objetivos de investimento. Por exemplo, para especuladores que pretendem comprar na baixa e vender na alta, é um ponto atrativo.
De qualquer maneira, a volatilidade do bitcoin vem caindo ano após ano. Nos últimos tempos, houve períodos em que o bitcoin oscilou menos que a libra esterlina, por exemplo.

Ouro

Ao longo da história, o ouro tem se mostrado um ativo relativamente estável — especialmente quando comparado às criptomoedas. Por esse motivo, muitos investidores recorrem ao ouro em momentos de incerteza econômica. Por exemplo, logo após a eleição de Donald Trump nos EUA, a procura por ouro subiu bastante.

Como investir em bitcoin e ouro

Bitcoin

Caso você tenha interesse em investir em bitcoin, sugerimos que se cadastre na Foxbit. A Foxbit é a maior corretora de bitcoins do Brasil e realiza a intermediação de compra e venda de Bitcoins desde dezembro de 2014, fornecendo a segurança de que a transação seja realizada com sucesso e as duas partes recebam o acordado.

Ouro

É possível investir em ouro por meio de instituições financeiras credenciadas. Você pode adquirir o metal na BM&FBovespa, desde que se cadastre em uma corretora de valores que opere na Bolsa. Quem é correntista do Banco do Brasil também pode comprar ouro diretamente pela instituição.
E então, já tomou sua decisão? Muita gente acredita que o ouro continuará sendo um investimento confiável durante muito tempo. Por outro lado, com a popularização do bitcoin, cada vez mais pessoas estão investindo nessa commodity e obtendo lucros com ela. Seja qual for sua escolha, não deixe de continuar se informando sobre o assunto.
Se você gostou deste conteúdo, assine a nossa newsletter e aproveite para receber as novidades sobre criptomoedas!