Brazilian Report destaca regulação e mercado Imprensa

Brazilian Report destaca regulação e mercado

Portal com foco em público estrangeiro traz entrevista com João Canhada, CEO da Foxbit

Foxbit

Portal com foco em público estrangeiro traz entrevista com João Canhada, CEO da Foxbit

O Brazilian Report, portal especializado em notícias brasileiras em inglês, com foco para o público no exterior, publicou na última semana uma matéria com o CEO da Foxbit, João Canhada, sobre a situação da legalização das criptomoedas no Brasil.

A reportagem foi escrita por Maria Martha Bruno, jornalista com vasta experiência como correspondente internacional, e destaca o ambiente positivo do Brasil como cenário para o mercado de criptos.

A matéria aponta a Foxbit entre as quatro maiores exchanges do país e salienta o maior número de cadastros em exchanges do que na Bolsa de Valores nacional (1.4 milhões contra 650 mil).

Comparando situações negativas de regularização para o bitcoin, a jornalista cita os casos de China e Tailândia, que restringiram o mercado, além de apontar o banimento de ads sobre criptomoedas no Google e no Facebook. Este último, em junho, voltou atrás e declarou que autorizará os anúncios do mercado, desde que passem por uma aprovação.

Google: Obrigada pela proibição do bitcoin

O perfil dos investidores em criptomoedas também mudou no Brasil. A fala destacada de Canhada na matéria do Brazilian Report aponta que “eles (investidores) estão entre 35 e 50 anos, e já investem seu dinheiro em ações e renda fixa. Nossos clientes veem Bitcoin como uma outra oportunidade de diversificar o portfólio”.

A aposta da Foxbit em educação para orientar os clientes da melhor forma de lidar com o bitcoin também foi mencionada na matéria, assim como o cenário ainda incerto sobre os caminhos que a regulação da área de criptoeconomia seguirá.

Por que as empresas da criptoeconomia precisam se unir?

“As entidades reguladoras no Brasil, como Banco Central e CVM, já disseram que estão acompanhando o mercado de perto, e eu acredito que irão propor uma regulação em breve. De qualquer maneira, a Foxbit já segue as boas práticas do mercado financeiro, como políticas de prevenção de lavagem de dinheiro”, afirmou Canhada.

Confira o artigo completo aqui: https://brazilian.report/2018/07/13/cryptocurrencies-brazil-regulation/