Como funciona dinheiro digital? Bitcoin

Como funciona dinheiro digital?

Guto Schiavon

Se você ainda não conhece o dinheiro digital, saiba que essa é uma tendência cada vez mais real no planeta. Cansadas da regulação dos governos, da burocracia e de problemas como a inflação, as pessoas vêm descobrindo, cada vez mais, as vantagens de trabalhar com uma moeda que funciona com base no esquema P2P (de pessoa para pessoa).

Como funciona o dinheiro digital?

A moeda digital foi criada em 2009, por Satoshi Nakamoto, que batizou sua ideia como Bitcoin. O Bitcoin utiliza a mesma filosofia de compartilhamento de arquivos na Internet, como o Torrent, por exemplo.
Como citado, o sistema foi criado nas bases do Torrent, ou seja, uma rede Peer-To-Peer (P2P). Por a rede ser descentralizada, as transações não precisam de intermediários ou intervenção de nenhum órgão governamental. As próprias máquinas conectadas a rede fazem a verificação e a propagação das transações, fazendo com que um bitcoin não possa ser gasto duas vezes.
Ainda está complicado de entender? Não se preocupe, vamos começar bem do começo então!

Dinheiro x Moeda

Para entender o que é o dinheiro digital, é fundamental conhecermos os conceitos por trás das palavras dinheiro e moeda. Por incrível que pareça, as duas palavras representam coisas diferentes.
O dinheiro é qualquer objeto ou registro que dê ao seu portador o poder de adquirir algum bem ou serviço, em qualquer lugar do mundo. Isso significa que o dinheiro é a representação do poder de compra de cada pessoa ou empresa.
Já a moeda é a representação física desse dinheiro, que circula como meio de troca. A moeda pode ser representada em papel, ou em metal, ou sob qualquer outra forma física. Nos primórdios da economia, os comerciantes vendiam seus produtos em troca de pacotes de sal, que era um item muito valioso. Outro exemplo de moeda é a sua representação por meio de barras de ouro.
Ficou mais fácil de entender, não é mesmo? Voltemos, então, ao Bitcoin.

Como o Bitcoin é representado?

O Bitcoin é o dinheiro digital que circula pelo mundo e ainda não tem representação física. Ainda não pode ser, portanto, considerado como uma moeda, apenas como dinheiro. Algumas moedas de Bitcoin chegaram a ser produzidas, mas não há registro de que elas estejam circulando.

Quanto vale o Bitcoin?

A cotação do Bitcoin varia de acordo com a demanda pelo dinheiro digital. Se ele estiver sendo muito procurado, sua valoração aumenta proporcionalmente. Com isso, os investidores têm que ficar atentos. O Bitcoin é uma moeda cujo valor varia muito rapidamente. Atualmente, um Bitcoin está valendo cerca de R$ 2.400,00. Para ter certeza, procure um site que faça a conversão instantânea.
Por isso, o Bitcoin é, hoje, um investimento atrativo para jovens que conhecem o funcionamento do dinheiro digital e também para pessoas que buscam um novo ativo em seu portfólio de investimento. Quem compra Bitcoins em época de baixa demanda, por exemplo, terá a possibilidade de vendê-los a um valor maior quando houver maior valorização do dinheiro, obtendo lucro.

O Bitcoin possui lastro?

O lastro é um conceito econômico que diz que para se produzir dinheiro, é preciso ter uma reserva que garanta o pagamento da quantia produzida. Em outras palavras, o lastro é o valor da moeda.
Antigamente, quando usava-se o padrão ouro, seu lastro eram as reservas de cada país. No caso do papel moeda, ou moeda FIAT, o lastro é medido pela situação econômica dos governos e as leis de cada país. No caso do Bitcoin, o lastro é determinado por fórmulas matemáticas e criptografia que garantem o funcionamento da tecnologia e os limites de emissão, fazendo com que o bitcoin tenha emissão controlada, deflacionária e previsível. Você pode conferir mais sobre o lastro do Bitcoin no artigo publicado pelo Fernando Ulrich, na InfoMoney.

Comparação Bitcoin x Ouro x Dólar

A Foxbit produziu a série Bitcoin em Português, onde explicamos em 10 vídeos, tudo que você precisa saber para comprar, usar e aproveitar os benefícios da tecnologia.
No vídeo abaixo, fazemos um comparativo entre Bitcoin, Dólar e Ouro. Confira!

Gostou deste post? Então compartilhe com seus amigos nas suas redes sociais!