Como o bitcoin pode ajudar a economia mundial? Bitcoin

Como o bitcoin pode ajudar a economia mundial?

Administrador

Criado em 2008, o bitcoin não foi a primeira tentativa de criar uma moeda digital. Outras moedas existiram, de uma forma ou de outra, por pelo menos 15 anos, mas nenhuma vingou. O bitcoin foi a primeira moeda criptografada a ganhar  e segurança. Como o bitcoin pode ajudar a economia mundial?

Na prática, o bitcoin mistura a facilidade de realizar uma transação de um cartão de crédito com a anonimidade de uma transferência de dinheiro. Como o dinheiro ou os cartões, o bitcoin é tão real quanto os bens pelo qual é trocado.

A adoção a essa moeda está aumentando cada vez mais, mas como o uso do bitcoin pode ajudar a economia? Acompanhe este post e descubra!

Para que serve o bitcoin?

O bitcoin é uma moeda digital construída com um propósito: transferir dinheiro de uma pessoa a outra, independentemente de onde elas estejam, sem ficar preso a fronteiras nacionais ou intermediários.
E o que é melhor: o bitcoin não pode ser inflacionado — nem pelo governo. Ele está em uma rede descentralizada, o que significa que ninguém pode proibir ninguém de usá-lo ou enviá-lo como quiser, o que gera uma grande vantagem: enviar dinheiro para pessoas em qualquer lugar do planeta, sem pagar taxas exorbitantes aos bancos por isso.

Qual é a relação entre o bitcoin e a economia?

O bitcoin é um investimento que se assemelha ao ouro: é escasso e não pode ser criado a partir do nada. Porém, ele possui as vantagens de ter características mais avançadas, podendo ser movimentado sem esforço e com custos muito menores do que enviar dinheiro por meio de bancos de um país a outro.
E em situações de crise econômica, com o débito aumentando desde 2008, bens materiais, como o ouro e o bitcoin tendem a ter mais valor. É por isso que, em países com moeda nacional fraca, a demanda pelo bitcoin vem aumentando.

Lugares como China, África do Sul e Índia registraram um volume de negociações de bitcoin alto nos últimos anos devido à desvalorização da moeda local. Isso porque as pessoas desses países, querendo acumular riquezas, veem na moeda digital uma ótima oportunidade.

É assim também que o bitcoin vem ajudando países pobres como Uganda. Quando um dos seus habitantes resolve viajar para outro país com melhores oportunidades de trabalho, buscando juntar algum dinheiro para enviar de volta ao país natal, seja para uso próprio ou ajudar a família, o bitcoin é uma forma mais rápida e barata de fazer isso.

Ele significa menos dinheiro indo para taxas e impostos, e mais indo para o bolso de quem trabalhou duro para conquistá-lo. O que faz todo sentido, não é mesmo?

É por isso que investir em bitcoins, principalmente em tempos de economia instável, é uma ótima forma de diversificar a carteira de investimentos e estar preparado para o futuro.

E agora que você já sabe como o bitcoin pode ajudar a economia mundial, leia também nosso post sobre os melhores investimentos em bitcoin e saiba qual é a melhor opção para começar a investir nessa moeda agora mesmo!