Conheça os ciclos do Bitcoin

fev 24, 2022 | Bitcoin

Quais são os ciclos do Bitcoin e como eles interferem no preço do maior criptoativo do mercado? Nesse post vamos te explicar uma parte essencial para você entender o funcionamento do BTC.

O modelo cíclico de sucesso do Bitcoin

Mas antes de explicarmos os ciclos do bitcoin, é preciso entender seus fundamentos econômicos.

O Bitcoin é um ativo com tendência deflacionária, ou seja, sua emissão diminui ao longo do tempo. Nesse sentido, o criptoativo se parece com uma commodity escassa como o ouro, como os recursos terrestres são finitos, quanto mais ouro é extraído menos será possível extrair futuramente. 

Entretanto, a emissão  do BTC é feita por um algoritmo, portanto, previsível.  A cada ~10 minutos são gerados novos bitcoins e a quantidade gerada diminui pela metade a cada período de 210.000 blocos (conjunto de transações feito em ~10 minutos). Sendo assim, o gráfico de emissão será muito parecido com o abaixo:

ciclos do Bitcoin

O ciclo de 4 anos do Bitcoin

Há um ciclo de 4 anos guiado pelo choque de oferta do bitcoin. Como o bitcoin conta com alta correlação com outros criptoativos, muitas vezes por ser o seu principal par nas corretoras, o ciclo acaba afetando todo o mercado de ativos digitais. 

Atualmente, são gerados 900 bitcoins por dia. Em 2024, serão gerados 450 bitcoins por dia. Se a demanda por bitcoin continuar igual ou aumentar, há uma tendência para o preço subir.

Conforme a oferta diminui e a procura aumenta, a lei da oferta e demanda entra em ação. 

Por exemplo, entre os halvings de 2016 e 2020 tivemos uma alta histórica de preços em 2017:

ciclos do Bitcoin

O mesmo fenômeno aconteceu entre o halving de 2012 e 2016:

ciclos do Bitcoin

As fases do halvings

Perceba que o efeito do halving não necessariamente acontece logo após a quantidade de bitcoins emitida ser cortada pela metade. Isso acontece devido à divisão de fases nos ciclos do bitcoin, derivadas dos impactos a curto e médio prazo dos halvings. 

As fases geralmente são as seguintes: 

  • Acumulação: acontece após um período de baixa no mercado, no fim do ciclo antigo para o início do novo. A força compradora se acumula e muitas pessoas conseguem comprar o ativo a um preço menor que o valor. 
  • Bull market: a fase da euforia vem com o aumento de preço, trazendo novos investidores com medo de perder altos ganhos. Alguns investidores percebem o entusiasmo exagerado, começam a vender e dão continuidade à próxima fase.
  • Distribuição: os novos investidores compram dos antigos e o preço fica relativamente estável e os ganhos começam a diminuir. 
  • Bear market: conforme os investidores vão vendendo, a pressão no preço aumenta. Os novatos tentam reduzir as perdas e vendem, isso liquida posições alavancadas e faz com que o mercado caia ainda mais. Quem comprou no topo geralmente se desespera e vende na baixa. 

Os fatos dos ciclos

  • Cada baixa do novo ciclo nunca chega ao topo do antigo, a não ser em eventos como pandemias e crises de liquidez (como aconteceu em 2020). 
  • O bitcoin é inflacionário, entretanto, sua inflação diminui progressivamente. Como resultado, é esperado que os donos de bitcoin tenham seu ativo apreciado ao longo do tempo.
  • Os ciclos do bitcoin se repetem a cada 4 anos, mas não é apenas no bitcoin que ciclos acontecem. O mercado tradicional também conta com fenômenos semelhantes. 

Como aproveitar os ciclos do Bitcoin?

“Tenha medo quando os outros são gananciosos, e seja ganancioso quando eles estão com medo”, a frase de Warren Buffet resume a estratégia de muitos investidores que se aproveitam dos ciclos do bitcoin.

Estes investidores compram na baixa e vendem na alta, repetindo as operações conforme o ciclo se repete. Claro, nada garante que o histórico passado se reflita no futuro, entretanto, é importante conhecermos a história para entendermos o presente. 

Dessa forma, você pode ficar mais preparado para os desafios dessa nova economia. 

*O conteúdo publicado é apenas de caráter educativo e não configura uma indicação de investimentos. 

Últimos posts

SatoshiCall

Quer ficar por dentro das principais notícias do mercado?

Deixe o seu e-mail* ao lado e receba o SatoshiCall, nossa newsletter diária com as principais notícias do mercado financeiro.