É possível viver de renda passiva? Entenda! Finanças

É possível viver de renda passiva? Entenda!

Foxbit
Se você se interessa por investimentos e estabilidade financeira, provavelmente já pensou sobre a possibilidade de viver de renda passiva. Neste post, vamos explicar o que é preciso fazer para alcançar essa alternativa, que pode parecer um sonho distante, mas que, com planejamento e organização, pode se tornar realidade.
Vamos explicar a diferença entre os conceitos de renda ativa e renda passiva com e sem capital. Também mostraremos quais são as principais formas de fazer o seu dinheiro trabalhar para você. Confira!
https://blog.foxbit.com.br/5-erros-que-voce-nunca-deve-cometer-antes-de-investir-dinheiro/

Entenda o conceito de renda passiva

Existem dois tipos de conceitos de renda: a ativa e a passiva. A renda ativa é quando você trabalha e, em troca, recebe recursos financeiros. Ou seja, caso pare de exercer determinada função, não receberá mais dinheiro.
A noção de renda passiva é justamente o oposto: o seu dinheiro trabalha para você. É necessário um esforço no começo, mas depois os recursos continuam rendendo por si mesmos. Em uma analogia simples, é como se você tomasse a iniciativa de plantar a semente e depois precisasse apenas esperar a hora da colheita dos frutos.
Essa modalidade, também conhecida como renda residual, é muito interessante por não consumir o seu tempo, que poderá ser gasto com atividades de lazer ou em funções inseridas no conceito de renda ativa, ampliando ainda mais o seu patrimônio.
Dentro do conceito de renda passiva, existem duas categorias:

Renda passiva sem capital

A renda residual sem capital é proveniente de ações passadas, como direitos autorais, pagamento de pensões, licenças de nomes e patentes, cliques em sites, treinamentos on-line, entre outros meios.

Renda passiva com capital

É a mais conhecida de todas, vindo à cabeça das pessoas quando se fala em fazer o dinheiro trabalhar para você. Trata-se de investimentos financeiros, em imóveis ou ações, por exemplo, ou qualquer outro modo de produzir renda por meio de aluguel ou lucros de dividendos em empresas.

Conheça as possibilidades de investimento da renda passiva

Existem diversos investimentos financeiros que podem permitir o estilo de vida proporcionado pela renda passiva. Selecionamos os principais tipos, para que você analise qual se encaixa melhor no seu perfil de investidor.
Antes, atente para uma dica importante: é fundamental ter disciplina e organização nesse processo para controlar as finanças e conseguir viver apenas com o rendimento próprio.
Para isso, crie o hábito de poupar gastando menos do que ganha. Perceba que não se trata de ganhar muito dinheiro, mas de conseguir equalizar as despesas e as receitas.
https://blog.foxbit.com.br/aprenda-em-5-passos-como-se-planejar-financeiramente-e-gastar-menos/
Outra dica é calcular o quanto você precisa para viver de renda. Liste os seus gastos para saber a quantidade de recursos financeiros necessários para passar o mês sem faltar dinheiro na conta.
Em resumo, como afirmamos antes: organização e disciplina são as chaves para abrir a porta de uma vida baseada na renda passiva.
Agora, vamos listar as principais aplicações que possibilitam viver de renda passiva, para você não cair no maior erro de todo investidor iniciante e desinformado, que é colocar o dinheiro para render na poupança. O motivo é simples: você vai perder dinheiro, pois a rentabilidade real, que é quando consideramos o desconto da inflação, é muito baixa ou mesmo negativa! Vamos lá:
https://blog.foxbit.com.br/principais-livros-para-quem-quer-comecar-a-investir/

Alugue imóveis

Essa é a opção de renda passiva mais popular entre os brasileiros. Serve não só para o aumento de patrimônio como também para gerar recursos. Como é corrigido pelo indicador econômico conhecido como IGP-M, que é baseado na inflação, o aluguel de imóveis é uma maneira simples e segura de renda residual.

Invista em fundos imobiliários

Aplicar em um fundo imobiliário significa que você terá quotas de participação em algum imóvel de grande porte, como prédios comerciais, shopping centers, hospitais, universidades, entre outros. O rendimento é resultado dos aluguéis desses empreendimentos.

Tenha participação em ativos

Ao adquirir ações preferenciais de uma empresa, você passa a receber os dividendos do lucro líquido do período, que varia entre anual, semestral, trimestral ou mensal, dependendo do estatuto social da companhia. Portanto, escolhendo bem em quais ações investir, você pode gerar renda com os dividendos da organização, e não somente comprando na baixa e vendendo na alta.
Se você tem interesse em saber mais sobre aplicações, assine a nossa newsletter e acompanhe outras notícias sobre o mundo dos investimentos financeiros!
https://blog.foxbit.com.br/mercado-de-bitcoin-do-zero-ao-infinito/