LCI e LCA: O que é, como investir e dicas Outras categorias

LCI e LCA: O que é, como investir e dicas

A LCI e LCA estão ficando cada vez mais populares entre investidores iniciantes, eles têm vários benefícios mas também algumas desvantagens.

A LCI e LCA estão ficando cada vez mais populares entre investidores iniciantes, eles têm vários benefícios mas também algumas desvantagens. Será que as Letras de Crédito são uma boa opção para você? Quais os riscos? E como escolher bons papéis? Vamos te ajudar e ao final do texto você estará apto para apostar em uma das opções. 

O que você vai aprender neste texto?

  1. O que é LCI e LCA?
  1. Como a LCI e LCA funcionam?
  1. O que saber antes de investir? Dicas!
  1. Como investir em LCA e LCI, passo a passo

O que é LCI e LCA?

A LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e a LCA  (Letras de Crédito do Agronegócio) são papéis emitidos para ajudar dois setores essenciais da economia brasileira: o imobiliário e agricultura.

Ambos são investimentos em renda fixa, livres de imposto de renda e nos quais você empresta dinheiro para financiar atividades nestes dois setores da economia. Em troca, o investidor recebe juros. 

As Letras de Crédito Imobiliários são emitidas por bancos ou organizações do setor e elas são usadas para financiar de moradias populares, chácaras até grandes projetos.

Já Letras de Crédito do Agronegócio também são captadas por bancos e são concedidas para cooperativas, produtores rurais ou a qualquer elo da indústria de produtos agropecuários. 

Em suma, ao investir em LCI e LCA você está ajudando esses empreendedores e lucrando com isso. Legal, não é mesmo? Mas falando em lucro, qual a rentabilidade?

Como funciona a LCI e LCA? Qual a rentabilidade?

As LCIs e LCAs são investimentos em renda fixa, ou seja, têm rentabilidade conhecida ou atrelada a algum índice conhecido antes da compra. Por este motivo, há uma grande gama de produtos oferecendo diferentes condições, como:

  • Letras pré-fixas: aqui o investidor já tem uma taxa de juros definida. A grande vantagem é que você pode calcular o quanto terá de rendimento.
  • Letras pós-fixadas: nesta modalidade o investidor sabe apenas o índice usado para calcular os retornos, como o IPCA, IGP-M ou CDI.
  • Letras com remuneração mista: neste tipo de remuneração o investidor recebe um índice mais um valor pré-fixado. Exemplo, IPCA+ 1% ao ano.

Então qual eu devo escolher? Isso vai depender de cada investidor e situação. Mas em geral, se você quer apenas se proteger da inflação deve buscar papéis atrelados à índices de inflação como IGP-M ou IPCA. Porém, pode ser que você encontre letras vendidas com juros pré-fixados atrativos e que batam com seu planejamento financeiro.

Entretanto, antes de comprar uma LCI ou LCA, é bom ficar ligado nas últimas e mais importantes dicas sobre esse investimento.

O que saber antes de investir? Dicas!

Antes de começar a investir temos algumas dicas e lembretes. 

Primeiramente, vale lembrar que tanto LCI quanto LCA têm baixa liquidez. Isso significa que pode se tornar difícil transformá-los em dinheiro. Por este motivo, é importante entender os prazos e condições da cada letra. 

Algumas permitem a liquidez diária (o saque do valor) após um prazo de carência, outras, exigem o cumprimento de um período. 

E se por acaso você quiser vendê-las, é possível negociar os papéis no mercado secundário (para outras pessoas) e assim como qualquer título ele pode se valorizar ou desvalorizar de acordo com a oferta/demanda e outras condições de mercado.

Outra dica importante é respeitar o limite do Fundo Garantidor de Crédito (FGC). Ele cobre até R$250 mil se a instituição financeira usada para investir falir, com limite global de R$1 milhão por CPF (mesmo se o dinheiro estiver espalhado em diversas instituições).

Como investir e comprar LCI ou LCA em 3 passos? 

  1. Encontre uma boa corretora 

Este é um dos passos mais importantes, encontrar uma corretora autorizada e que tenha boas taxas e produtos era um desafio antigamente, mas hoje há uma grande variedade disponível na ponta dos seus dedos.

  1. Pesquise pelos melhores títulos

Como falamos no começo do texto, você pode escolher títulos pré-fixados, pós-fixados e mistos. Tudo vai depender dos seus objetivos financeiros e apostas. Por isso, gaste um pouco de tempo nesse momento e veja todos as Letras disponíveis.

  1. Verifique os últimos detalhes: prazos e FGC

Verifique a data de resgate do investimento, o valor mínimo para investir e se o total alocado não supera os R$ 250 mil da garantia do FGC.  

Agora você está pronto para fazer seu investimento!

Veja também: O que é CDB, como funciona e quais são os riscos

A Foxbit utiliza cookies com o objetivo de melhorar sua experiência em nossa página web e adaptar o conteúdo para torná-lo mais útil e acessível. Para mais informações, consulte a nossa política de cookies.

×

Compre e venda criptos agora pelo app

Com ele você pode comprar e vender com agilidade e facilidade de onde estiver. Tudo o que você precisa na palma da sua mão.

BAIXE AGORA