Meio & Mensagem aborda criptomoedas Imprensa

Meio & Mensagem aborda criptomoedas

Foxbit

Apostar na educação, conteúdo de qualidade e mostrar a um mercado cada vez mais interessado em diversificação que criptomoedas são um caminho. E que, ainda, Bitcoin é a maior referência nesse mercado. Esse foi o tom de uma matéria do Meio & Mensagem de agosto, com o objetivo de mostrar com naturalidade o aumento desse público.

A Foxbit foi uma das entrevistadas, falando do processo rebranding – troca de logo, site e identidade visual – que começou em julho deste ano.

João Canhada, CEO da Foxbit, concedeu entrevista falando sobre o momento do mercado e as formas de se inserir nele, e de dar retorno à comunidade através de conhecimento, com projetos como o Foxbit Educação, que passa por reelaboração. Além disso, são realizados constantemente encontros e meetups para troca de experiência e informação.

“Sempre crescemos com base no boca a boca e indicações, pois nascemos como uma empresa da comunidade. De repente saímos de um consumidor inserido em um cotexto do Facebook para o Linkedin, despertando o interesse do investidor com mais de 30 anos e com condições para comprar criptomoedas”, disse Canhada à publicação.

Na matéria, há o destaque para o lançamento do portal de conteúdo Cointimes e para a personificação da marca Foxbit. “A audiência gosta e se sente mais confortável em ver quem está por trás da empresa. As pessoas querem ver pessoas, e não necessariamente gráficos e números”, disse Roberto Cury, head de Marketing da empresa.

Não mudamos a marca, ela que evoluiu

Foram ouvidas também outras exchanges do ramo, com foco para o crescimento do mercado e o seu perfil de investidores.

 

A Foxbit utiliza cookies com o objetivo de melhorar sua experiência em nossa página web e adaptar o conteúdo para torná-lo mais útil e acessível. Para mais informações, consulte a nossa política de cookies.