Andressa Scerni Nossas histórias

Andressa Scerni

Andressa Scerni

A minha história na Foxbit é bastante peculiar. Diferentemente da maioria das pessoas, eu não tinha o “sonho” de trabalhar aqui. Simplesmente pelo fato de que eu não fazia ideia do que era bitcoin, era tudo muito desconhecido pra mim. Mas uma conjunção de fatores fez com que a oportunidade aparecesse em um momento ideal, e eu me apaixonei de cara!

Quem é Andressa Scerni

Meu nome é Andressa Scerni, nascida em Belém-PA. Sou formada em Direito, mas não foi minha primeira área de atuação aqui dentro. Eu cheguei na Foxbit em fevereiro de 2017, quando a empresa tinha apenas 12 pessoas. Hoje, além dos sócios e fundadores, sou a funcionária mais antiga da casa.

Em Belém, eu já havia feito trabalhos voluntários e estágios. Me mudei pra São Paulo em 2013, cheguei um pouco perdida e achar algo na minha área estava bastante complicado, então pensei: talvez eu possa encontrar um caminho diferente em um lugar que eu nunca imaginei que eu poderia. Essa é minha relação com a Foxbit! Por que não dar uma chance para o novo?

Andressa Scerni foxbit

Clima na Foxbit: sempre descontraído!Eu comecei na área de Operações, que é uma porta de entrada. Sabia que teria que correr atrás para entender tudo sobre Bitcoin, criptomoedas e todo esse mundo novo para mim. Mas foi inevitável me apaixonar pela forma como todos lidavam com essa coisa que na minha vida era tão nova e até então estranha. Busquei aprender o que podia, pedia indicação a todos, passei pelo menos um mês devorando o que encontrei no assunto.

Logo que eu entrei, produzimos conteúdo sobre declaração de imposto de renda com bitcoin, e percebi um gancho para casar o tema com minha formação, para entender o bitcoin no âmbito jurídico e econômico. Eu cheguei questionando se eu teria chance de crescer, de me aproximar da minha formação, e sempre me garantiram que sim.

Com o tempo, as coisas foram crescendo, foram mudando. Quando entrei, ficávamos em uma sala em que chegou a chover dentro, às vezes caía o teto… coisas que o Guto já contou aqui! Mas eu gostava muito do ambiente, da forma como os meninos faziam tudo, sempre com uma grande disposição para ensinar.

Cheguei muito perdida, mas aqui eu fui acolhida. Por isso, foi muito legal ver a empresa crescer, parecia que era minha família. Aqui eles agregam, e você se sente parte de uma coisa maior. A Foxbit vai além de construir uma empresa: é ajudar a construir uma economia. E eu sinto que contribuo para isso, que faço parte dessa mudança. Sou muito grata por tudo.

Em janeiro deste ano, deixei a área de Operações e passei a contribuir com o setor de Compliance e com o Jurídico. Do mundo engessado do Direito, agreguei também ao aprender com o mundo disruptivo da criptoeconomia. E esse é meu norte aqui dentro.

Andressa festa de final de ano da Foxbit

Parte da equipe da Foxbit (ou da minha família “paulista”) no Natal de 2017.

Gostou de conhecer o rosto e a história das pessoas que fazem a Foxbit acontecer todos os dias? Não esquece de seguir nossas redes sociais para ficar por dentro das novidades, novos conteúdos e eventos – Facebook, Instagram, LinkedIn e Twitter.