O que é Chainlink (LINK)? Altcoins

O que é Chainlink (LINK)?

O que é a Chainlink? Vale a pena investir? Quem está por trás do projeto? Vamos responder essas perguntas e tudo que você precisa saber sobre a Chainlink, também conhecida como LINK.

O que é Chainlink (LINK)?

A Chainlink (LINK) é uma rede criada para ser uma ponte entre os diversos blockchains e o mundo real. Como podemos enviar dados de preço do bitcoin para um aplicativo no blockchain de forma segura? A Chainlink resolve esse tipo de problema. 

Por exemplo, o resultado de uma partida de futebol pode ser transmitido para um contrato inteligente no blockchain de forma segura. Assim, os desenvolvedores conseguem criar aplicativos de apostas descentralizados – que são semelhantes aos apps do seu celular, mas no blockchain.

Legal não é mesmo? Mas como a LINK funciona? Vamos descomplicar isso para você.

Quais as vantagens da Chainlink?

A Chainlink agrega valor a outras aplicações, que vão de APIs, sistemas na nuvem, IoT (Internet das Coisas), sistemas de pagamento e muito mais. Ela faz isso usando os chamados “oráculos”, que nada mais são do que nós (computadores) que fornecem informações do mundo real para o blockchain. 

No diagrama abaixo vemos exatamente como funciona a Chainlink. Na direita e esquerda estão os dados do mundo real, ao lado os nós da Chainlink Network:

Esses oráculos colocam o próprio dinheiro em “stake”, ou seja, dão as suas moedas LINK como garantia de que vão oferecer a informação correta. Além disso, a Chainlink conta com um sistema de reputação para evitar fraudes e dar aos usuários maior segurança.

Atualmente, esta rede de oráculos garante a informação de preço segura para aplicações descentralizadas que em conjunto valem mais de US$4 bilhões. 

Quais foram os retornos e vale a pena investir em Chainlink?

Tudo isso funciona graças à valiosa LINK, um criptoativo que teve uma alta valorização. Nos últimos 12 meses a moeda LINK subiu 1000% (últimos dozes meses contados hoje, 14/04/2021) e em 2019 foi o criptoativo que mais valorizou. 

 Histórico de preço da Chainlink (LINK) em 12/02 – Fonte: Coingolive 

A Chainlink está sendo cada vez mais utilizada conforme o ambiente de aplicações descentralizadas no blockchain cresce. 

Quem investe e está trabalhando com a Link? 

E esta valorização tem motivo. A equipe da criptomoeda está trabalhando com diversas empresas e organizações relevantes como a Web3 Foundation (que define os parâmetros usados na internet) e até mesmo o Google.

As parcerias estratégicas são importantes, mas o que realmente mostra a capacidade do projeto crescer são as pessoas trabalhando nele. Esta cripto conta com experts e profissionais respeitados como Tom Gonser (fundador da Docu Sign), Evan Cheng (ex-Diretor de Engenharia do Facebook, atual R&D da Novi Financial) e Ari Jules (ex-colaborador da RSA).

Como guardar LINK?

Há diversas carteiras que suportam a LINK, dentre elas a MyEtherWallet, Metamaks, ImToken e Exodus.

Há também a opção segura de guardar em hardware wallets, como a Ledger Nano ou modelos similares que aceitem tokens ERC20.

A Foxbit utiliza cookies com o objetivo de melhorar sua experiência em nossa página web e adaptar o conteúdo para torná-lo mais útil e acessível. Para mais informações, consulte a nossa política de cookies.

×

Compre e venda criptos agora pelo app

Com ele você pode comprar e vender com agilidade e facilidade de onde estiver. Tudo o que você precisa na palma da sua mão.

BAIXE AGORA