O que é uma stablecoin? Altcoins

O que é uma stablecoin?

Neto Guaraci

Elas já estão ganhando cada vez mais espaço no mercado. Mas, em um universo com centenas de criptomoedas, o que seriam uma stablecoin? Elas trazem oportunidades, e são uma ótima dica para empreendedores, inovadores e curiosos.

Este texto foi dividido em duas partes.

O que é uma Stablecoin?

Basicamente, são criptomoedas ou tokens digitais usando o blockchain, a ideia é que seu valor se mantenha o mais estável possível. Vamos entender o porquê.

Quando conheci o bitcoin em 2012 fiquei intrigado com um ponto, sua enorme resiliência. O maior governo que o mundo já viu não conseguia bloquear as transações ao Wikileaks (saiba mais sobre o episódio). Quando voltei a vasculhar sobre o Bitcoin, agora em 2014, logo após o hack da Mt.Gox, outro ponto me chamou mais atenção, sua enorme volatilidade.

No gráfico abaixo (clique para ampliar) vemos o preço do bitcoin em dólares antes e após o hack da Mt.Gox (exchange que transacionava mais de 70% do volume de bitcoins do mundo).

gráfico mt gox max

Mesmo antes do hack a variação no preço do bitcoin era e ainda é altíssima (neste post eu falo sobre os motivos). A grande variação no preço sempre impediu a adoção em massa do bitcoin, o risco que um comerciante corre ao aceitar a criptomoeda (não convertendo-o) é enorme.

Como resolver isso? Como poderemos ter uma moeda descentralizada, livre de coerções governamentais (como as sofridas por Assange) e ao mesmo tempo sendo estável o suficiente para um comerciante aceitá-la?

Aí surgem as stablecoins, elas são criptomoedas ou tokens digitais usando o blockchain, a ideia é que seu valor se mantenha o mais estável possível. Até nos momentos de mais instabilidade o par USD/EUR é extremamente mais estável do que BTC/USD.

Stablecoins e oportunidades

Segundo o site The Money Project, o total de notas bancárias, moedas e dinheiro nos bancos somam aproximadamente 90.4 trilhões de dólares.

É um número tão absurdo que é difícil mensurar, por isso coloquei o gráfico abaixo neste artigo. Ele coloca em perspectiva o tamanho de uma pilha de 1 milhão, 1 bilhão e 1 trilhão de dólares em notas de cem.

pilha 1 trilhão de dólares

Com “apenas” 1 trilhão já teríamos uma pilha de dinheiro chegando no espaço, multiplique essa pilha por 90 e você terá o tamanho que o mercado de stablecoin pode “engolir”.

Já imaginou os ganhos para a economia global em digitalizar todo esse dinheiro, torná-lo descentralizado e resiliente como o Bitcoin? Pois bem, muitas pessoas já pensaram nisso e alguns modelos de moedas estáveis surgiram ao longo desses 8 anos de revolução financeira. Vamos dar uma olhada em alguns.

No próximo texto, tratemos algumas das stablecoins, como Tether, True USD, entre outras.

*Texto originalmente publicado no Cointimes.

A Foxbit utiliza cookies com o objetivo de melhorar sua experiência em nossa página web e adaptar o conteúdo para torná-lo mais útil e acessível. Para mais informações, consulte a nossa política de cookies.