Tudo sobre o hardfork do Ethereum e cuidado com os scams Ethereum

Tudo sobre o hardfork do Ethereum e cuidado com os scams

O hardfork do Ethereum tem acarretado muitas dúvidas. Quais serão as melhorias? Para quando está previsto o fork ? Vai surgir outra moeda?

Bom, vamos começar com as melhorias do fork, chamado de Constantinople. São 5 melhorias denominadas de EIPs (Propostas de melhoria no Ethereum).  No post abaixo, escrito por Bruno Garcia, vemos as melhorias da rede e algumas implicações dela:

“Muita gente está preocupada em ganhar dinheiro com um split, mas é importante saber o que é o Constantinople. Constantinople é um conjunto de 5 EIPs (Propostas de melhoria no Ethereum).

  • EIP 145: Uma atualização técnica escrita por dois desenvolvedores ethereum, Alex Beregszaszi e Pawel Bylica, EIP 145 detalha um método mais eficiente de processamento de informações no ethereum conhecido como deslocamento bit a bit.
  • EIP 1052: criado pelo desenvolvedor do núcleo Nick Johnson e Bylica, o EIP 1052 oferece um meio de otimizar a execução de código em larga escala no ethereum.
  • EIP 1283: Com base no EIP 1087, que foi escrito por Johnson, esta proposta beneficia principalmente os desenvolvedores de contratos inteligentes, introduzindo um método de preços mais equitativo para as alterações feitas no armazenamento de dados.
  • EIP 1014: Criada pelo próprio fundador do ethereum, Vitalik Buterin, o objetivo desta atualização é facilitar melhor um certo tipo de solução de dimensionamento com base em canais de estado e transações “fora da cadeia”.
  • EIP 1234: Patrocinado por Afri Schoedon, gerente de lançamento da principal paridade do cliente ethereum, esta atualização é a mais controversa do lote, reduzindo a emissão de recompensas de mineração de 3 ETH para 2 ETH, bem como atrasando a bomba de dificuldade por um período de 12 meses.

Se analisarmos os EIPs chegaremos a uma conclusão que boa parte deles são, possívelmente, ‘benéficas’ para rede, pois tratam de otimizações na EVM (Ethereum Virtual Machine), redução de custo para mudanças em smart-contracts, medidas para escalabilidade, entre outras…

A grande pedra do sapato desse conjunto de alterações é o EIP 1234. Nesse EIP é proposto a mudança da recompensa de mineração de 3 ETH para 2 ETH, uma redução de 33%. Além disso, esse EIP implementa um aumento incremental na dificuldade de mineração.


Aumento na dificuldade de mineração e redução na recompensa parecem não combinar.

Sim, de fato não combinam, e é justamente esse o efeito esperado. O EIP 1234 é o primeiro passo para uma grande mudança no Ethereum. A migração do Proof of Work para o Proof of Stake. Entretanto, o que a equipe da Ethereum pretende implementar é mais do que um simples Proof of Stake. Veja como funcionaria:

  • Os validadores colocam uma parte de seus Ethers como aposta.
  • Depois disso, eles começarão a validar os blocos. Ou seja, quando eles descobrem um bloco que eles acham que pode ser adicionado à cadeia, eles irão validá-lo colocando uma ‘aposta’ nele.
  • Se o bloco for anexado, os validadores receberão uma recompensa proporcional às suas apostas.
  • No entanto, se um validador agir de maneira maliciosa, ele será imediatamente repreendido e toda a sua aposta será cortada.”

Fonte: https://cointimes.com.br/ethereum-constantinople-o-que-vem-por-ai/

Cuidado com o Scam!

Dia 16 de janeiro (bloco # 7080000) está programado o tão esperado hardfork do Ethereum, introduzindo diversas melhorias ao código da segunda maior criptomoeda do mercado.

Qual não foi minha surpresa ao ver em algumas mídias sociais questionamentos sobre um outro fork do Ethereum, um tal de Ethereum Nowa – ETN.

Vamos lá, criar um fork é algo totalmente legítimo. Se você não concorda com um projeto faça um fork, como o que aconteceu com Bitcoin Cash.

Fiquei curioso, pois o hardfork original não deverá ter resistências de mineradores e nem da comunidade, como aconteceu com o fork que originou o Bitcoin Cash.

Fui buscar mais informações, talvez fosse um projeto interessante. Quem sabe?!

Hardfork do Ethereum

Ao analisar qualquer projeto sempre procuro saber o mais importante primeiro, quem são as pessoas por trás dele. Fui ao site, procurei, procurei, não encontrei os responsáveis.

ETN scam

Onde estão os responsáveis?

Bom, o criador do Bitcoin também não quis aparecer muito. Então fui procurar no local onde os projetos mais importantes surgiram, o BitcoinTalk. Todo projeto relevante precisa estar no BitcoinTalk.

Fui lá para ver as especificações técnicas da moeda, quando encontrei uma investigação que mostrou onde os desenvolvedores do ETN estavam esse tempo todo.

Qual não foi minha surpresa ao finalmente achar os desenvolvedores:

Desenvolvedores ETN
Imagens disponíveis em – https://web.archive.org/web/20181202215858/http://ethereum-nowa.com/

A surpresa maior ainda foi ver que suposto time era composto por modelos. Todas as fotos retiradas de bancos de imagens.

Sócios fakes
Sócios “fake”

A equipe nem se deu ao trabalho de alterar as imagens, apenas fez um corte e adicionou ao site. É o que mostra a máquina do tempo web.archive.org, ela arquiva os estado das páginas de grande parte da web.

Mas como funciona esse golpe que aparentemente a ETN quer aplicar?

Qual é o truque? Para receber as moedas de um hardfork você precisa inserir as chaves privadas da antiga cadeia de blocos na nova carteira. Quando o projeto é legítimo você recebe as novas moedas, do contrário todos os tokens contidos na sua wallet serão transferidos para a wallet dos farsantes.

O que devo fazer?

Parece um processo meio complicado, mas é só seguir a dica de nunca mostrar as chaves privadas que detenham ou vão deter algum fundo que você estará mais seguro.

Por isso, é recomendável ter seus ETHs em uma carteira de confiança, como a Metamask ou uma outra carteira da rede Ethereum:

Ethereum wallet, veja as 5 melhores

Dessa forma você estará com o total controle dos seus fundos e pode aproveitar possíveis forks e airdrops.

O mercado de criptomoedas ainda é muito jovem, por isso, uma boa parcela da população não sabe distinguir bem quais são os golpes mais comuns.

Para ficar ainda mais seguro, confira o podcast sobre como evitar scams, pirâmides e outros golpes:

Post primeiramente publicado no Cointimes.

A Foxbit utiliza cookies com o objetivo de melhorar sua experiência em nossa página web e adaptar o conteúdo para torná-lo mais útil e acessível. Para mais informações, consulte a nossa política de cookies.

×

Compre e venda criptos agora pelo app

Com ele você pode comprar e vender com agilidade e facilidade de onde estiver. Tudo o que você precisa na palma da sua mão.

BAIXE AGORA