Tudo sobre Ripple: O que é XRP e como funciona o protocolo

out 2, 2019 | XRP

Muita gente já ouviu falar, mas não sabe muito bem os diferenciais que essa tecnologia traz, neste post iremos esclarecer as maiores dúvidas sobre Ripple.

Vamos começar pelo nome, o correto é falar “o Ripple”, pois é um protocolo de pagamento, que proporciona mais segurança, rapidez e baixo custo da transação entre pessoas e instituições financeiras. A criptomoeda mesmo é a XRP (moeda nativa do Ripple). 

O próprio site do Ripple, descreve o protocolo como uma tecnologia de infraestrutura básica para transações interbancárias. O que isso quer dizer? 

Que vai permitir que os bancos e empresas de serviços financeiros incorporem o protocolo Ripple em seus próprios sistemas, permitindo que seus clientes usem esses serviços. 

E a XRP, como funciona?

A criptomoeda XRP funciona da seguinte forma, ela utiliza a tecnologia blockchain para se interligar aos bancos, aprimorando a velocidade de transação e reduzindo custos dessas instituições.

Diferente do bitcoin, a XRP não é descentralizada. Ela não é minerada como o bitcoin e é emitida pela própria empresa Ripple Labs. 

Porém, assim como o bitcoin, não serão criadas infinitas criptomoedas, inicialmente o protocolo Ripple estipulou um total de 100 bilhões de unidades para rodarem na rede.

A empresa pretende “distribuir” 50 milhões, quanto as outras 50 milhões de cripto serão reinvestidas no próprio projeto.  

A proposta principal do Ripple é fazer transferências entre vários ativos diferentes, de forma rápida e barata. Seus tokens podem representar moedas fiat, ouro, milhas ou qualquer outro ativo, incluindo o próprio bitcoin. 

A idéia é unir o sistema de criptomoedas com as instituições bancárias para incluir o dinheiro físico no protocolo Ripple. Esse processo é tão inovador que mais de 100 bancos já fecharam parcerias com ele. Entre eles: Santander, BBVA, Unicredit e CBW BANK. 

O legal é que quanto mais instituições utilizarem essa criptomoeda, mais a moeda será valorizada. 

Apesar do objetivo da cripto do Ripple ser diferente a do Bitcoin, a tecnologia é tão boa quanto e com um grande potencial. 

Entre as principais características do protocolo Ripple, estão: 
  1. Alta velocidade nas transações;
  2. Alta escalabilidade;
  3. Baixos custos nas transações;
  4. Baixo custo de energia na geração da rede. 

Assim como o Bitcoin, a XRP traz uma revolução na forma como os bancos trabalham e como alguns deles já entraram nessa onda tecnológica, é sempre bom estarmos atentos para saber as novas tendências tecnológicas e investir cada vez melhor.

Você pode seguir as nossas redes sociais para ficar ligado em tudo o que acontece no mercado de finanças e tecnologia!

Últimos posts

SatoshiCall

Quer ficar por dentro das principais notícias do mercado?

Deixe o seu e-mail* ao lado e receba o SatoshiCall, nossa newsletter diária com as principais notícias do mercado financeiro.