Gráfico do Bitcoin e Criptomoedas

Livro de ofertas
Ordens de compra
Preços BRL Quantidade ()
Ordens de venda
Preços Quantidade ()
Preço
Volume negociado (24h)
Variação (24h)
Baixa (24hs)
Alta (24h)
Marketcap
*Última atualização dos dados em

Quanto você deseja comprar?

Valor total R$ 0,00
Comprar

Quanto você deseja vender?

Valor total 0
Vender

Calculadora Cripto

BRL Brazilian Real

Avalanche (AVAX)

O que é Avalanche (AVAX)

Avalanche é uma plataforma com diversas funcionalidades, criada para servir como base na construção da Web 3.0, possibilitando a criação de aplicativos descentralizados, contratos inteligentes e tokens.

A rede avax.network foi criada com o objetivo de solucionar alguns problemas de escalabilidade presentes na Ethereum (ETH) e em outros concorrentes – como taxas altas e tempo de espera alto para transações comuns.

Para entregar sua promessa, Avalanche (AVAX) conta com uma tecnologia inovadora que utiliza uma estrutura interligada à rede principal, composta por três outras redes com finalidades diferentes – eliminando, desta forma, a saturação de uma ou outra ferramenta pelo alto uso de uma terceira, que não teria relação com ela.

Para explicar melhor, é preciso entender que o Ethereum utiliza uma mesma blockchain para validar todas as transações em sua rede, desde DApps, contratos inteligentes ou transações financeiras de Ether (ETH), por exemplo. Tudo passa pela única blockchain na Mainnet.

Já a mainnet da Avalanche escolheu separar cada finalidade diferente, em um diferente registro de dados em cadeia de blocos (blockchain). São três ledgers: X-Chain, C-Chain e P-Chain.

 

X-Chain

A X-Chain, ou Exchange Chain, utiliza um modelo de DAG (Directed Acyclic Graph), onde as transações são validadas de forma assíncrona, ao invés de sequencial como ocorre na blockchain do Bitcoin, por exemplo.

A escolha de DAG é feita por protocolos com foco em escalabilidade e velocidade de transações, já que a característica assíncrona garante que envios e recebimentos sejam feitos de forma independente por cada participante, evitando saturação em cadeia.

Esta chain é a que normalmente é utilizada para transações financeiras simples de AVAX, como envio da conta da Foxbit para uma carteira privada na avax.wallet, por exemplo. Ela não possui contratos inteligentes, nem outras funcionalidades.

 

C-Chain

A C-Chain, ou Contract Chain, utiliza modelo de blockchain sequencial. Além disso ela é compatível com a Máquina Virtual do Ethereum (EVM – Ethereum Virtual Machine) e, portanto, consegue transacionar tokens no padrão ERC-20, ERC-721 (NFTs) e outros da blockchain do Ethereum.

Esta chain permite uma conexão e interoperabilidade com o ecossistema DeFi, e é a mais utilizada da Avalanche, até o momento, sendo a camada base para construção de aplicativos descentralizados (DApps), exchanges descentralizadas (DEXs), jogos e demais protocolos que utilizam contratos inteligentes (smart contracts). É a plataforma feita para rodar este tipo de contrato.

A Metamask, por exemplo, se comunica apenas com a C-Chain, então caso você queira armazenar AVAX na sua metamask, é preciso usar a ponte da Avalanche para converter os tokens da X-Chain para a Contract Chain.

P-Chain

A P-Chain, ou Platform Chain, é a “menina dos olhos” da Avalanche e onde a equipe realmente traz sua inovação, com um sistema similar às redes de Segunda Camada (Layer 2) do Ethereum, mas ainda diferente.

A P-Chain contém uma blockchain sequencial, validada por nodes validadores da Avalanche, com o objetivo de criar uma estrutura de consenso para validar outras blockchains de terceiros, as chamadas Subnets.

Com isso, um novo projeto pode criar sua própria blockchain, com validadores independentes que depois validam um bloco com vários sub-blocos na P-Chain.

Isso é o que permite uma maior escalabilidade na Avalanche e cria uma poderosa estrutura para que outros projetos surjam com suas próprias redes e interoperabilidade total com o ecossistema AVAX.

Quando surgiu e quem criou Avalanche (AVAX)?

Avalanche foi desenvolvida pela Avalabs, uma corporação com fins lucrativos (diferente da maioria das instituições responsáveis por projetos cripto, como a Ethereum Foundation, sem fins lucrativos, por exemplo) e fundada por Emin Gün Sirer (CEO), Kevin Sekniqi (COO) e Ted Yin (Chief Protocol Architect), em 2018.

A mainnet (rede principal) da Avalanche foi lançada oficialmente no dia 21 de setembro de 2020, junto com a carteira oficial e toda a documentação que foi sendo melhorada com o tempo.

Atualmente a empresa conta com mais de 200 funcionários e é referência no que tange à documentação de protocolo. AVAX passou por diversas rodadas de investimentos e financiamento privado.

Qual o diferencial Foxbit da Avalanche (AVAX)?

A Avalanche se destacou como startup no mercado de desenvolvimento de plataformas blockchain e cresceu muito na bullrun de 2021 ao propor soluções de escalabilidade e taxas mais competitivas no ecossistema DeFi, enquanto o líder do segmento, Ethereum, enfrentava saturação na rede e taxas altas.

Com muito sucesso na captação de fundos, a empresa conseguiu criar incentivos para desenvolvedores e se destacou entre as diferentes alternativas.

As subnets ainda são pouco adotadas e o sucesso da AVAX é dependente da capacidade de entregar a promessa de realizar infinitas transações por segundo, que, segundo a Avalabs, em tese, seria possível através da P-Chain e das Subnets – conforme informação do site oficial.

De qualquer forma, já existem muitos protocolos construídos sobre a C-Chain e a experiência de transacionar com a X-Chain é muito agradável e barata. Com confirmações rápidas e taxas muito baixas.

Avalanche (AVAX) hoje

Gostaria de comprar o token nativo da Avalanche (AVAX)? Fale com a Foxbit!

Você pode acompanhar a cotação, valor e preço do Avalanche (AVAX) hoje no gráfico de performance acima.

Principais links:

Estatísticas de Preços

    Ver mais

    Crypto Price

    # Nome Preço 24h % 7d % Gráfico | Últimos 7d Volume (24h) Market cap
    Ver mais Ver ranking completo

    Últimas notícias

    Ver mais