Ethereum – Eternizando a paz Altcoins

Ethereum – Eternizando a paz

João Canhada

Nos últimos meses, o tratado de paz entre as Coreias foi registrado no Blockchain do Ethereum por um desenvolvedor, o Ryu Gi-hyeok, que criou duas transações para registrar em coreano e em inglês a Declaração Panmunjom, assinada pelos líderes coreanos na Cúpula Intercorena de 2018.

Imutabilidade

A ideia de Ryu Gi-hyeok é tornar eterno o acordo e, consequentemente, o tratado de paz, e não foi à toa que ele escolheu o blockchain do Ethereum para isso. Por conta da sua plataforma de blockchain mundialmente distribuída e imutável, o Ethereum é uma das melhores formas de armazenar informações, contratos, e acordos à prova de fraude, corrupção e ataques.

Com essa tecnologia, além de registrar informações no blockchain, é possível programar acordos e soluções que são executadas automaticamente mediante determinado acontecimento. Isso torna transações muito mais seguras, eliminando intermediários e custos.

Contratos inteligentes e aplicações do Ethereum

Na rede Ethereum, também é possível transformar ativos em tokens e transferí-los de maneira p2p. Um músico, por exemplo, pode transformar seu trabalho em um token e vender para seus fãs, que terão direito aos seus discos e poderão comprar outros trabalhos com este token. Já parou para pensar na autonomia que isso nos dá?

Em 2016 participei de um Startup Weekend Fintech, onde minha proposta era uma “Bovespa” que emitiria tokens no Blockchain 1:1 com cotas de empresas S.A permitindo negociações em um mercado secundário. Um “IPO de S.A” que não teriam condições de arcar com os custos de uma “Bovespa”. A custódia da ação seria feita no próprio Blockchain – O Ethereum seria uma dessas soluções.

Além disto, existem outros N modelos de negócio onde a mesma tecnologia pode ser aplicada. Na última semana tive a oportunidade de comentar um pouco sobre o tema, no meetup que ocorreu no Clube Hebraica – Empreender com bitcoin e blockchain.

Não esqueça de seguir nossas redes sociais para ficar de olho nas novidades da Foxbit – Cointimes, Linkedin, Twitter, Facebook.