Governo chinês começa a fazer publicidade sobre Bitcoin – Notícias da semana Notícias

Governo chinês começa a fazer publicidade sobre Bitcoin – Notícias da semana

Semanalmente trazemos algumas das notícias que deram maior repercussão no mercado financeiro. Vem com a gente.

#1 Governo chinês começa a fazer publicidade sobre Bitcoin

O partido comunista chinês, recentemente publicou um artigo em uma de suas mídias, o Xinhua Daily, com o título: “Bitcoin: a primeira aplicação bem-sucedida da tecnologia Blockchain”.

Uma grande quantidade de elogios são feitas ao Bitcoin, tratada como moeda digital, enaltecendo a volatilidade da moeda, sua quantidade e uma prova prática de que existe muito trabalho envolvido.

As criptomoedas não eram bem vistas nos últimos tempos pelo governo chinês, mas parece que a coisa tem mudado de visão por conta de uma recente declaração de seu presidente, onde ele rasga elogios para a tecnologia blockchain, dizendo que ela é imprescindível para os próximos anos no país. 

Isso mostra o poder das criptomoedas no mundo atual, chegando a papéis em países que lideram o mercado financeiro mundial.

Fonte: https://cointimes.com.br/governo-chines-comeca-a-fazer-propaganda-do-bitcoin/

#2 Shoppings projetam uma alta de 18% em vendas na Black Friday

Uma pesquisa realizada pela Alshop (Associação Brasileira de Lojistas de Shoppings) está projetando um crescimento de 18% no mês de novembro comparado ao ano de 2018. 

Ao longo de todo o mês, grande parte das lojas do mercado nacional começam suas ações para atrair os clientes na data tão aguardada de 29 de novembro.

Os principais fatores para esse crescimento nas vendas, são a liberação do FGTS e uma queda significativa de taxa de juros em grande parte dos produtos.

Outro fator constatado pela instituição, são as categorias mais procuradas para o evento: Eletroeletrônicos, cosméticos e vestuário. 

“Com a baixa na Selic o acesso ao crédito melhorou, e muitas famílias puderam sair do vermelho por conta da liberação do FGTS. Além disso, podemos estimar um retorno significativo para o varejo com a chegada da Black Friday e Natal que movimentam muito a economia”, afirma o diretor institucional da Alshop, em uma nota oficial falando sobre a economia do país nos últimos dois meses do ano.

Fonte: https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/11/18/associacao-de-shoppings-projeta-alta-de-18percent-em-vendas-na-black-friday.ghtml

#3 Dólar chega a R$ 4,19 e fecha em seu segundo maior valor desde o Plano Real

O dólar comercial subiu 0,5% nesta quarta-feira dia 13, onde o dólar chegou a ser negociado em média a 4,19 reais, atingindo a maior cotação desde 13 de setembro de 2018.

Os principais motivos para essa alta foram as declarações de Donald Trump sobre a guerra comercial entre os EUA e China, onde foi sinalizado que o Federal Reserve, o BC americano, não irá realizar mais cortes na taxa de juros e a sobre a incerteza política e econômica na América Latina.

Ainda permanecem dúvidas no cenário externo, estão incertas as negociações entre China e Estados Unidos sobre a guerra tarifária. Um acordo comercial entre as duas potências era esperado nas próximas semanas, porém, as declarações feitas na terça-feira pelo presidente americano foram consideradas conflituosas, desanimando os investidores.

Também foi sinalizado pelo Jerome Powell, o chairman do Fed, que não haverá mais corte de juros na economia americana, o que causou desconforto no mercado financeiro.

Trump ainda afirmou que ainda irá aumentar as tarifas sobre produtos chineses se o país asiático não fizer um acordo com os EUA. “O discurso inflamado de Trump, com duras acusações de roubo de propriedade intelectual e subsídios dados à indústria pelos asiáticos, reaquece a guerra comercial entre China e Estados Unidos.

A insegurança na América Latina também afasta os investidores do mercado de capitais. Por aqui, o conflito entre Bolsonaro e o PSL também deixa o mercado em cautela. Toda essa incerteza nos cenários local e internacional favorecem a alta do dólar”, afirma Simone Pasianotto, economista-chefe da Reag Investimentos.

Foram causados também ruídos políticos pelo embate travado entre o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o presidente do PSL, Luciano Bivar, onde foi influenciada na alta da moeda americana frente ao real.

Bolsonaro anunciou a criação de uma nova legenda até março de 2020, a Aliança pelo Brasil, para onde o mesmo pretende migrar acompanhado dos filhos e de parlamentares que o apoiam.

Fonte: https://veja.abril.com.br/economia/dolar-vai-a-r-419-e-fecha-no-segundo-maior-valor-desde-o-plano-real/

Eai, curtiu? Quer saber mais sobre o mercado de criptoeconomia? Lançamos o Foxbit Research para você que quer melhorar suas estratégias de compra e venda.

Nos siga em nossas redes sociais, semanalmente trazemos algumas das notícias que mais impactaram o mercado financeiro.

Até a próxima! 🙂

A Foxbit utiliza cookies com o objetivo de melhorar sua experiência em nossa página web e adaptar o conteúdo para torná-lo mais útil e acessível. Para mais informações, consulte a nossa política de cookies.

×

Compre e venda criptos agora pelo app

Com ele você pode comprar e vender com agilidade e facilidade de onde estiver. Tudo o que você precisa na palma da sua mão.

BAIXE AGORA