Halving: O que muda para investidores e mineradores? Bitcoin

Halving: O que muda para investidores e mineradores?

Rafael Lemos

Já é sabido que a emissão de novos bitcoins na economia é feito através da mineração. Estes bitcoins gerados são dados ao minerador daquele novo bloco como uma recompensa por ter despendido sua energia e poder computacional durante o processo. De quatro em quatro anos esta recompensa é alterada e possui impactos em todo o mercado, então é interessante detalharmos um pouco este processo conhecido como Halving.

HALVING

Satoshi Nakamoto, criador do bitcoin, determinou que a cada 210 mil novos blocos gerados (aproximadamente de 4 em 4 anos), a recompensa dada aos mineradores seja reduzida em 50%. A este processo é dado o nome de Halving (metade, em inglês).
Por causa do halving, o gráfico da curva de oferta de bitcoins possui formato logarítmico.
Halving - Crescimento logarítmico da oferta de unidades de bitcoin
Gráfico representando o comportamento de uma função logarítmica: “Avanços são rápidos no começo, mas seus ganhos decrescem ao longo do tempo” – Fonte: JamesClear
Inicialmente, em 2009, a recompensa dada por cada novo bloco gerado era de 50 bitcoins, mas caiu para 25 em 2012 e 12.5 em 2016. Este processo se repetirá até alcançar o limite máximo de bitcoins, estipulado em 21 milhões de unidades, por Satoshi Nakamoto. O próximo Halving está previsto para acontecer no ano de 2020, onde a recompensa cairá para 6.25 bitcoins a cada novo bloco. Dá pra acompanhar a contagem regressiva.
Halving - Gráfico da oferta de bitcoins ao longo do tempo
Gráfico representando a curva de oferta de bitcoins ao longo do tempo. A data prevista é que no ano 2140 seja emitido a última fração de bitcoin para alcançar o limite de 21 milhões de unidades. – Fonte:  https://btcparaprogramadores.marcoagner.org/mineracao.html.

IMPACTO PARA MINERADORES E INVESTIDORES

Devido à diminuição da recompensa causada pelo halving, a tendência é que mineradores que possuam máquinas menos eficientes sejam “expulsos” do mercado, pois, a depender da cotação do bitcoin, estas máquinas não seriam mais lucrativas para minerar. Um grande exemplo é vermos casos de alguns early-adopters que relatam terem minerado bitcoins em seus computadores pessoais, algo que hoje em dia é extremamente inviável (não compensa) graças ao surgimento das ASICs.
Para os investidores, o Halving tende a valorizar cada vez mais o bitcoin, se considerarmos um cenário ceteris paribus (todo o resto constante) e o comportamento desacelerado da curva de oferta, tornando o mesmo cada vez mais escasso e valioso.
Halving - impactos no preço do bitcoin causados pelo Halving

Gráfico representando o comportamento do preço do bitcoin próximo ao primeiro halving – Fonte: Pantera Capital.

Comportamento do preço do Bitcoin próximo ao 2º HalvingGráfico feito utilizando Plotly e dados retirados do Coindesk.

É possível visualizar que momentos próximos ao Halving são de grande variação no preço do bitcoin, ao vermos os dois gráficos acima. A data do segundo Halving foi no dia 09/07/2016, e vemos que um pouco antes desta data houve um grande movimento de compra do bitcoin, já que os agentes incorporam previamente as expectativas com relação à maior dificuldade de obtenção da moeda.
Vale ficar de olho nestas datas ímpares do Halving. São momentos de grande variação no preço do bitcoin e adaptação do mercado, já que os agentes estarão procurando por uma nova cotação de equilíbrio devido à queda da oferta. Investidores e mineradores devem levar estas informações em consideração para traçar estratégias a médio e longo prazo.