ICO – O que é e como funciona? Investimento

ICO – O que é e como funciona?

Conheça o significado da sigla ICO e entenda como ela funciona

Se você é experiente ou leigo no mercado de criptomoedas, provavelmente já ouviu falar o termo ICO. A sigla ICO, significa Initial Coin Offering, em português, oferta inicial de moedas.

O que é? 

É como se fosse uma espécie de IPO, só que no mundo de criptomoedas. ICO é um meio não regulamentado pelo qual um novo empreendimento, projeto de criptomoeda ou empresa tenta angariar fundos através de captação pública de recursos, para lançar esse projeto. 

Pontos para prestar atenção em ICOs:

  • Whitepaper: Uma espécie de escopo do projeto, uma explicação de como aquela tecnologia vai funcionar e como ele funcionará na prática, porque aquele projeto faz sentido e a lógica dele existir. Pode vir acompanhado de um plano de gastos com os valores que serão arrecadados. 
  • Equipe: Pessoas por trás do projeto podem passar credibilidade no negócio. 
  • Liquidez: É importante que a partir do momento que seja finalizada a ICO, você tenha como resgatar o que foi investido e uma maneira de utilizar aqueles tokens, pois, sem utilizá-lo não sentido você tê-lo.
Como funciona?

Quando uma ICO é lançada, ela tem um período de arrecadação para o projeto, e mediante a arrecadação, os futuros investidores que estão enviando fundos em retorno ganham os tokens ou coins desse projeto, proporcional ao que aportaram, por ter feito essa “aposta” financeira.

Dessa forma, quando o projeto finalizar e uma exchange listar a nova criptomoeda ou token na plataforma dela, o investidor poderá trocar por outra ou até por dinheiro fiat (moedas como o real, dolar, euro), caso desejar.

Qual o propósito de uma ICO?

Permitir a captação de recursos de forma simples, barata e inovadora, fazendo surgir o crescimento de start-ups e novos projetos e de todo o ecossistema de negócios inovadores, o bom é que as etapas podem ser realizadas online e globalmente, o que facilita muito no processo.

História de uma ICO de sucesso

Exemplo de ICO que deu certo foi o Ether (ETH), uma moeda digital utilizada dentro da plataforma do Ethereum para rodar contratos inteligentes.

Etapas de uma ICO

Após o lançamento do Whitepaper, as etapas seguintes são:

  • Abertura da oferta inicial: é feita uma proposta por uma empresa, e quem se interessar por essa proposta pode reservar ou comprar seu token ou criptomoeda e a forma de pagamento pode ser em criptomoedas ou até em moedas fiat. 
  • Encerramento da oferta inicial: o capital obtido é avaliado e a empresa faz o comunicado se o valor que ela pretendia foi atingido. Caso não tenha sido, quem investiu, recebe o valor de volta.
  • Distribuição de tokens ou criptomoedas: se o valor esperado for atingido, a oferta inicial acaba e os investidores têm acesso a seus tokens ou criptos, que podem ser guardados em alguma wallet de preferência, como forma de reserva de valor, trocados por outro ativo ou moedas fiat em uma plataforma. 
Quais as diferenças entre ICO e IPO?

IPO (Oferta Pública Inicial) é um tipo de oferta pública em que as ações de uma empresa são vendidas abertamente numa bolsa de valores pela primeira vez. É o processo pelo qual uma empresa se torna uma empresa de capital aberto, é centralizada em corretoras ou distribuidoras. Enquanto que ICO (Oferta Inicial de Moedas) é um meio não regulamentado pelo qual um novo empreendimento ou projeto de criptomoeda faz para angariar fundos através de captação pública de recursos e lançar esse projeto. A ICO é global, isso faz com que qualquer pessoa de qualquer local do mundo possa investir no projeto. 

A Foxbit utiliza cookies com o objetivo de melhorar sua experiência em nossa página web e adaptar o conteúdo para torná-lo mais útil e acessível. Para mais informações, consulte a nossa política de cookies.

×

Compre e venda criptos agora pelo app

Com ele você pode comprar e vender com agilidade e facilidade de onde estiver. Tudo o que você precisa na palma da sua mão.

BAIXE AGORA