O que é Initial DEX Offering (IDO)?

mar 28, 2022 | Outras categorias

Ao abrir um novo método de captação de recursos no universo criptográfico, uma Initial DEX Offering (IDO) é o tipo mais recente de plataforma descentralizada que levanta uma pequena quantia de dinheiro de um amplo grupo de pessoas através de crowdfunding.

Uma IDO é um projeto que lança uma moeda ou token por meio de uma troca de liquidez descentralizada. Esse tipo de troca de criptoativos depende de pools de liquidez onde os traders podem trocar tokens, incluindo criptomoedas e stablecoins, ​​cujo valor é constante.

As Initial DEX Offerings (IDOs) são uma excelente escolha para projetos ansiosos por lançar um token e acessar fundos diretos porque oferecem liquidez melhor e imediata a preços diferenciados de mercado.

Quais as vantagens de uma IDO?

A vantagem da ausência de uma instituição central cuidando da oferta inicial do token é a possibilidade de lançar, avaliar ou adquirir ativos de forma descentralizada, sem a necessidade de confiar ou depender da aprovação de alguém. Normalmente, as IDOs são mais acessíveis aos compradores e dificilmente serão censuradas por conflito de interesses.

O lançamento é realizado através da emissão de um contrato inteligente em uma blockchain de smart contracts – como o Ethereum (ETH) -, dentro de uma plataforma DEX especializada e, na maioria das vezes é utilizado o token nativo da blockchain – o ether – por exemplo, ou o token nativo da plataforma em questão.

As IDOs podem ser através do swap, dentro de pools de liquidez, onde a equipe que desenvolveu o token cria um par de liquidez, por exemplo: IDO/ETH, e os investidores podem adquirir um, em troca do outro.

Ou também através de apostas (stakes), onde uma quantidade de um token que já existe é travado em stake, rendendo o token do IDO como recompensa. Por exemplo através das fazendas (farms) de CAKE na Pancakeswap.

Também é comum ver, durante uma IDO importante, um aumento na procura pelo token que será o par de liquidez para a troca (swap) ou da aposta (stake), elevando o preço deste token que será utilizado na Oferta Inicial da DEX.

Outras duas vantagens de uma IDO são a liquidez imediata do token no mercado (desde que o contrato inteligente não trave o token de alguma forma), não dependendo da liberação ou listagem de terceiros; e a forma como o preço é definido.

Como é definido o preço da IDO?

O preço é regido pelas leis de mercado, como, por exemplo, através das “Bonding Curves”:

o que é IDO

O que mede a oferta (quantidade líquida disponível) de cada token e faz o preço flutuar conforme essa oferta aumenta ou diminui em relação ao seu par. Tudo de forma automática e diferente de um livro de ofertas em exchanges centralizadas, onde os compradores e vendedores definem a ordem limite de negociação de forma arbitrária.

Como participar de uma IDO?

Para participar de uma Initial DEX Offering (IDO) é preciso acompanhar as notícias de mercado seguindo formadores de opinião, influenciadores, portais de notícias, desenvolvedores e plataformas DEX, onde são realizadas as ofertas iniciais.

Para não perder boas oportunidades, vale a pena manter alguns tokens de liquidez de boas blockchains ou plataformas de exchange descentralizadas em carteira e conseguir fazer os lances ou trocas em novos lançamentos.

Adquirir uma moeda durante uma IDO é bem arriscado e, normalmente, os resultados são bem agressivos, sejam positivos ou negativos.

IDO x IPO x ICO x IEO

A origem das IDOs está ligada às IPOs – Initial Public Offering (Oferta Pública Inicial) do mercado de ações, que compõem as rodadas de investimento, na fase quando uma empresa vai abrir seu capital para negociação na bolsa de valores.

No mercado de criptomoedas ocorreu algo parecido há alguns anos com as ICOs – Initial Coin Offerings (Oferta Inicial da Moeda), definindo a última fase das rodadas de investimento dos projetos cripto, quando a equipe abre a possibilidade do mercado adquirir a moeda.

As IEOs – Initial Exchange Offering (Oferta Inicial em Exchange), é quando a ICO ocorre em uma plataforma especializada, normalmente uma exchange centralizada.

E, por fim, a IDO é uma versão descentralizada de uma IEO, quando o lançamento do token ocorre dentro de uma plataforma descentralizada, como a SushiSwap (SUSHI), a Uniswap (UNI), ou a Pancakeswap (CAKE), por exemplo.

Últimos posts

SatoshiCall

Quer ficar por dentro das principais notícias do mercado?

Deixe o seu e-mail* ao lado e receba o SatoshiCall, nossa newsletter diária com as principais notícias do mercado financeiro.