Rombo nas contas externas sobe para 50 bilhões em 2019 – Notícias da semana Notícias

Rombo nas contas externas sobe para 50 bilhões em 2019 – Notícias da semana

Confira as notícias da semana que impactaram o mercado financeiro.

#1 Rombo das contas externas sobe para US$ 50 bilhões em 2019, pior resultado em 4 anos

Brasil registrou rombo de US$ 50,762 bilhões em contas externas no ano passado, 22% mais alto do que o ano de 2018. Números divulgados hoje (27/01/2020) pelo Banco Central.

Os principais motivos da dívida são formados pelo comércio de produtos entre o Brasil e outros países, serviços adquiridos por brasileiros no exterior e pelas remessas de juros, lucros e dividendos do Brasil para o exterior.

O resultado previsto pelo BC era um pouco acima do número real (US$ 51,1 bilhões), mas ainda assim foi o maior déficit em transações correntes em quatro anos.

Fonte: https://g1.globo.com/economia/noticia/2020/01/27/rombo-das-contas-externas-sobe-para-us-50-bilhoes-em-2019-pior-resultado-em-4-anos.ghtml

#2 Ibovespa cai mais de 2% e perde os 116 mil pontos com coronavírus; dólar atinge R$ 4,21

O governo chinês informou que o coronavírus atingiu mais de 2.700 pessoas e matou pelo menos 80 e foram enviados US$ 9 bilhões para combater a doença.

Economistas dizem que a economia do Japão pode sofrer sérias consequências, um dos motivos é a decisão de Pequim de proibir viagens ao exterior dos turistas chineses, que são os que mais gastam.

“Qualquer choque econômico nos colossais motores industriais e de consumo da China se espalhará rapidamente para outros países através do aumento das ligações comerciais e financeiras associadas à globalização”
Stephen Innes, estrategista-chefe de mercado asiático na Axitrade, para Boomerg.

Fonte: https://www.infomoney.com.br/mercados/ibovespa-cai-mais-de-2-e-perde-os-116-mil-pontos-com-coronavirus-dolar-atinge-r-421/

#3 Bahrein será primeiro país a testar ferramentas para implementação de criptomoedas de Bancos Centrais

O Banco Central de Bahrein, pequeno país do Golfo Pérsico, será o primeiro do mundo a utilizar um kit de ferramentas do Fórum Econômico Mundial desenvolvido para determinar a viabilidade de implementação de uma CBDC em um país.

A blockchain é um ponto em comum das criptomoedas emitidas em bancos, já que a centralização é a diferença entre elas, pois o controle é realizado por uma entidade centralizada.

Até pouco tempo atrás, os bancos não se preocupavam com a tecnologia das criptomoedas, mas perceberam que existe grande possibilidade da blockchain substituir o sistema tradicional, então estão correndo para se aliar à tecnologia.

Fonte: https://guiadobitcoin.com.br/noticias/bahrein-estudar-lancamento-criptomoeda-central/

A Foxbit utiliza cookies com o objetivo de melhorar sua experiência em nossa página web e adaptar o conteúdo para torná-lo mais útil e acessível. Para mais informações, consulte a nossa política de cookies.

×

Compre e venda criptos agora pelo app

Com ele você pode comprar e vender com agilidade e facilidade de onde estiver. Tudo o que você precisa na palma da sua mão.

BAIXE AGORA