A evolução do bitcoin – Mercurius Report Outubro

A evolução do bitcoin – Mercurius Report Outubro

Uma nova proposta

No dia 03 de janeiro de 2009 foi minerado o bloco Gênesis (o primeiro bloco) do Bitcoin. Foi o primeiro passo para o início de um mercado de mais de 2 trilhões de reais (somando o valor de mercado de todas as criptomoedas existentes) e de um grande desafio: promover a descentralização em meio a nossa sociedade. Um pouco antes disso, no dia 31 de outubro de 2008, há doze anos atrás, era publicado o White Paper do Bitcoin.

O INÍCIO DE UMA INOVAÇÃO

Quando um mercado apresenta uma grande utilidade (mesmo que de forma negativa) é natural que outros players também tentem se aproveitar desse mercado, especialmente se eles possuem soluções para o problema que o mercado está passando.

Foi exatamente isso o que aconteceu como Bitcoin entre 2012 e 2014. Com o
sucesso do ativo na Silk Road, os primeiros problemas de escalabilidade
começaram a surgir, muito por conta da falta de profissionalização de seu mercado, tanto em termos de troca por FIAT quanto na validação de transações (Mineração).

Com isso, diversas propostas de ativos “melhores” que o Bitcoin começaram a surgir, como a Namecoin, Litecoin e XRP, dando início ao mercado de Altcoins (ativos alternativos ao Bitcoin).

UM NOVO MERCADO

O resultado desses três anos de construção de infraestrutura somados ao COVID-19 (que forçou o mundo a se digitalizar e mostrou que nossa economia pode ser mais frágil que imaginamos) teve como resultado o início do processo do Bitcoin como mainstream e uma real possibilidade de ser uma reserva de valor.

O COVID-19 não apenas mudou a opinião de investidores que antes eram céticos ao Bitcoin – como o caso de Paul Tudor (que merece destaque na nossa linha do tempo), mas também fez com que empresas que antes consideravam o ativo como uma fraude, como o PayPal e o JP Morgan, adotassem os criptoativos e fizessem projeções positivas sobre ele.

Relatório mensal completo

O assunto não para por aí, quer ler tudo na íntegra? Você pode baixar o relatório completo no link abaixo e entender melhor esse novo momento das criptomoedas em meio a pandemia.

Preço do Bitcoin bate recorde a R$71 mil, o que fez a moeda disparar?

Preço do Bitcoin bate recorde a R$71 mil, o que fez a moeda disparar?

O preço do Bitcoin bateu seu recorde na Foxbit nesta manhã de quarta-feira (21/10). O que aconteceu para a criptomoeda subir tanto nos últimos dias?

Às 9:00 da manhã, o preço do bitcoin no Brasil chegava aos R$69.565,00 superando o recorde de preço em 17/12/2017 quando a criptomoeda atingiu R$69.400,00. Pouco tempo depois às 11:47, a criptomoeda atingiu os R$71.500,00. 

Como resultado, o Bitcoin já acumula um ganho de ~142% desde o começo de 2020 se tornando um dos melhores investimentos de 2020. Isso significa que se você tivesse comprado apenas R$2.000,00 em btc no começo do ano na Foxbit, teria hoje o equivalente a R$4859,61.

Mas existe algum motivo para o preço do bitcoin subir tanto?

O que influencia a alta no preço do Bitcoin?

Nessa manhã histórica, o Paypal anunciou que daria suporte ao Bitcoin e outras criptomoedas como o Ether (que você pode negociar aqui na Foxbit). Isso fez o preço do BTC subir  6,74% para US$12.718,61 segundo o Coingolive.

Mas além disso, a criptomoeda tem sido vista com bons olhos por empresas e outros investidores institucionais além das pessoas físicas que continuam buscando pela criptomoeda.   

Já são 15 empresas listadas em bolsa com reservas em bitcoin, 3 empresas privadas e 5 fundos quase como ETFs que totalizam  quase US$10 bilhões na criptomoeda.

Aleḿ do cenário favorável de adoção das criptomoedas, os bancos centrais têm afrouxado as políticas monetárias. Ontem, a presidente democrata da Câmara dos EUA deu esperanças ao mercado ao declarar que vê possibilidades de outro pacote trilionário de auxílio. Com receio de uma possível inflação decorrente da injeção massiva de dinheiro na economia, muitas pessoas têm usado o bitcoin como proteção.

A soma de todos esses fatores têm sido muito positiva para o preço do bitcoin em 2020. Que tal começar a negociar bitcoin e outras criptomoedas hoje? Comece agora mesmo na Foxbit.

Países europeus reconhecem bitcoin como moeda – Notícias da semana

Países europeus reconhecem bitcoin como moeda – Notícias da semana

#1 Países europeus reconhecem bitcoin como moeda.

Nesta semana foi divulgada a aprovação e o reconhecimento do bitcoin como moeda para fins transacionais, em dois países do continente europeu: Alemanha e França.

O Tribunal Comercial de Nanterre e a Autoridade Federal de Supervisão Financeira (BaFin) esperam que com o reconhecimento da moeda a segurança jurídica das transações de Bitcoin melhore e seu volume e liquidez aumente em grande escala.

“As criptomoedas (bitcoin, por exemplo) tornaram-se equivalentes aos meios legais de pagamento, na medida em que as chamadas moedas virtuais dos envolvidos na transação foram aceitas como meios alternativos de pagamento contratual e imediato”, diz o documento emitido pelo governo alemão.

Ao contrário da França que usará as criptomoedas como formas de transacionar com mais segurança, o governo alemão não emitirá nenhuma moeda digital, apenas aprovou o uso legal das criptos.

Ainda assim, isso representa a evolução das criptos nos países europeus, com a regularização e a aprovação do governo, a força das criptomoedas só tende a aumentar e ficar mais comum a cada ano que passa.

Fontes: https://cointimes.com.br/franca-agora-legalmente-reconhece-bitcoin-como-moeda/

https://portaldobitcoin.com/alemanha-reconhece-bitcoin-e-outras-criptomoedas-como-instrumentos-financeiros/

#2 Caixa eletrônico de bitcoin é inaugurado na Nigéria

Recentemente a Nigéria ganhou o seu primeiro caixa eletrônico de bitcoin, ela se encontra em Lagos, uma das principais forças econômicas do país.

A máquina vem trazendo bastante repercussão para o país africano, principalmente após a divulgação de um vídeo publicado no Youtube, onde um usuário levou cerca de um minuto para realizar uma transação.

Outro vídeo bastante repercutido foi de um usuário no Instagram, mostrando uma transação sendo feito em bitcoin e sacando o saldo em dinheiro.

Image result for caixa eletronico de bitcoin

O caixa eletrônico batizado de “BTM” pela Blockstale, entrou em operação em dezembro, mas foi lançado ainda em novembro de 2019. O próprio governo nigeriano teria dito que um dos principais motivos para não haver um investimento maior, é a falta de segurança.

Daniel Adekunle, diretor da Blockstale, disse que o valor para cada “BTM” irá depender da localização e da infraestrutura do país, mas o valor não deve ultrapassar os US$16 mil.

Fonte: https://portaldobitcoin.com/nigeria-ganha-primeiro-caixa-eletronico-de-bitcoin/

#3 Queda do petróleo é boa para os consumidores, diz Trump

O homem mais poderoso do mundo, Donald Trump, nesta segunda-feira afirmou em seu Twitter, que um possível debate entre Arábia Saudita e a Rússia é o motivo para a queda vista nos preços do petróleo, e isso seria bom para os consumidores.

“A Arábia Saudita e a Rússia estão discutindo por causa do preço e do fluxo do petróleo. Isso, e as notícias falsas, são o motivo para a queda dos mercados!”, disse Trump através de seu perfil.

Parece que a segunda-feira vem sendo conturbada para consumidores e investidores, enquanto o preço do dólar aumenta sem parar, os preços internacionais do petróleo e a bolsa de valores desabam no começo desta semana.

A queda do valor do petróleo foi tão alta que chegou a cair cerca de 31% na variação do tipo Brent, algo que não acontecia desde a Guerra do Golfo (1990 e 1991).

Fonte: https://g1.globo.com/economia/noticia/2020/03/09/queda-do-petroleo-e-boa-para-os-consumidores-diz-trump.ghtml

Coronavírus impacta diretamente no comércio do mundo todo – Notícias da semana

Coronavírus impacta diretamente no comércio do mundo todo – Notícias da semana

#1 Coronavírus impacta diretamente no comércio do mundo todo

Roberto Azevêdo, diretor da Organização Mundial do Comércio, projetou que com a possível epidemia mundial haverá um impacto imenso em toda a economia do mundo.

“Os efeitos sobre a economia global provavelmente também serão substanciais e começarão a aparecer nos dados comerciais nas próximas semanas”, teria comentando Azevêdo em uma reunião em Genebra nesta segunda-feira.

Existe uma expectativa para que nas próximas reuniões negociações sobre agricultura, comércio de eletrônicos e subsídios a pesca sejam feitos com milhares de representantes do mundo todo.

Image result for coronavirus symptoms

Com o coronavírus se expandido a cada dia que passa, muitas empresas e diversos eventos têm sido afetados diretamente, no mercado de games por exemplo, as empresas Microsoft e Sony estão sendo afetadas com a produção de seus novos consoles, Xbox Series X e PS5.

O evento GDC também foi adiado na última semana, com diversas empresas comunicando sua retirada do evento por conta do coronavírus, os responsáveis pelo evento tomaram a decisão de adiar um dos principais eventos de games e tecnologia.

Você pode acompanhar a evolução do coronavírus ao redor do mundo aqui.

Fonte: https://g1.globo.com/economia/noticia/2020/03/02/coronavirus-tera-impacto-substancial-no-comercio-diz-omc.ghtml

#2 UFC terá colecionáveis através da blockchain

O UFC se aliou recentemente a outras empresas como: Ubisoft, Warner Music Group e NBA, quando foi anunciada uma parceria com a Dapper Labs para a criação de colecionáveis através da Blockchain.

Esse “serviço” estará vinculado a plataforma Flow, que foi criada com o intuito de ajudar desenvolvedores que estejam vinculados a jogos de blockchain, tokens personalizado para artistas e figuras relacionadas ao esporte.

Após o acordo feito com uma das marcas mais conhecidas do mundo, os fãs poderão comprar, trocar e guardar colecionáveis de seus lutadores favoritos com o blockchain.

“O Flow facilita a qualquer desenvolvedor a criação de aplicativos, jogos e ativos digitais de blockchain para fortalecê-los. Trabalhando com o UFC, estamos mostrando o que é possível quando você dá a uma base de fãs engajada uma participação real no jogo que eles tanto amam, e nas comunidades das quais fazem parte”. Comentou Roham Gharegozlou, CEO da Dapper Labs.

Fonte: https://cointimes.com.br/ufc-adota-colecionaveis-por-blockchain/

#3 Homem mais rico da Rússia lança sua própria criptomoeda com aprovação do Banco Central.

Recentemente o Moscow Times divulgou que Vladimir Potanin, o homem mais rico da Rússia, está pretendendo ingressar no mercado de criptoativos lançando sua própria criptomoeda.

O criptoativo será um token com o intuito de permitir que a compra de metais, reservas de passagens aéreas e serviços turísticos sejam feitas relacionadas às empresas de Potanin.

A plataforma do token se chamará Atomyze, onde a aceleração de transações e a redução de papeladas diminua no país todo. Digitalizar diversos serviços é visto com bons olhos na Rússia.

O token não será exclusivo apenas para clientes russos, ela será integrada inicialmente nos EUA e na Suíça para empresas.

Fonte: https://guiadobitcoin.com.br/noticias/homem-mais-rico-da-russia-lanca-criptomoeda-com-aprovacao-do-banco-central/

Barcelona entra para o mercado de criptomoedas – Notícias da semana

Barcelona entra para o mercado de criptomoedas – Notícias da semana

#1 Barcelona entra no mercado de criptomoedas 

A equipe catalã está planejando emitir tokens para engajar torcedores através do Socios.com

Esses tokens serão usados para dar voz ao torcedor, tomando decisões como: qual música tocar após a marcação do gol.

O uso dos tokens – chamados de Chiliz – serão feitos através do aplicativo Socios.com. Cada token irá custar 2 euros e boa parte da arrecadação de renda será destinada ao clube.

O time de Barcelona se tornou a 9º equipe a usar esse tipo de token para dar voz aos torcedores de todo o mundo. PSG e Juventus são dois dos principais clubes que já adotaram essas moedas digitais.

Além do uso dos tokens para apoiar o clube, os Chiliz podem ser guardados em carteiras de criptomoedas.

Fonte: https://www.infomoney.com.br/mercados/barcelona-entra-no-mercado-de-criptomoedas-para-interagir-com-torcedores/

#2 Galaxy S20 terá suporte a bitcoin e ethereum

Um dos líderes de vendas de eletrônicos do mundo, confirmou que em sua próxima linha de smartphones, o suporte para criptomoedas já será implementado.

Os novos modelos do Galaxy S20 irão vir com um aplicativo próprio da empresa que terá suporte para BTC, ETH e ERC20.

“Criamos um processador seguro dedicado a proteger seu PIN, senha, padrão e chave privada do blockchain.

Combinada com a plataforma Knox, a segurança é infundida em todas as partes do telefone, do hardware ao software. Portanto, os dados privados permanecem privados.”

Com a implementação do suporte para criptomoedas nos novos modelos da Samsung, existe uma expectativa para o crescimento das moedas digitais.

Isso se dá pelo fato de a Samsung ser líder de mercado com cerca de 23% do mercado mundial, na frente de Apple e Huawei consecutivamente.

Fonte: https://cointimes.com.br/proxima-geracao-de-smartphones-samsung-tera-suporte-a-bitcoin-e-ethereum/

#3 Conselho do Magazine Luiza aprova pagamento de R$ 290,9 milhões em dividendos

A Magazine Luiza junto com o resultado do último trimestre de 2019, informou que foi aprovado um pagamento de cerca de R$ 290,9 milhões em dívidas da companhia.

O valor aprovado para o pagamento, corresponde em 31,56% do lucro líquido total no ano de 2019.

Junto com essa dívida anunciada recentemente, o valor se acomula com outro valor já informado de R$ 170 milhões, totalizando R$ 460,9 milhões.

Ainda não foi informado quando esse pagamento deverá ser realizado, mas tudo indica que o ano de 2020 irá aliviar um pouco as contas da companhia.

Fonte: https://www.infomoney.com.br/mercados/conselho-do-magazine-luiza-aprova-pagamento-de-r-2909-milhoes-em-dividendos/