Bitcoin é um investimento? Descubra agora se vale a pena comprar Bitcoin

Bitcoin é um investimento? Descubra agora se vale a pena comprar

Lucas B.

Muitos falam que bitcoin é um investimento, nesse último post da série “Bitcoin e Investimentos” vamos desmistificar essa afirmação e ver se vale ou não a pena comprar Bitcoin.
Se você ainda não viu os últimos posts relacionados a essa série, então acesse agora para não ficar perdido no nosso papo”O que é um investimento?” e “Medo de investir? Veja 4 razões para superá-lo“.

Bitcoin é um investimento?

O Bitcoin não deve ser considerado um investimento tecnicamente falando, uma vez que não rende juros ou dividendos, tais como ações, títulos ou fundos. Ele não oferece nenhum tipo de remuneração ou benefício futuro garantido, o Bitcoin é um dinheiro digital e, por definição, o dinheiro por si só não deve ser considerado um investimento, uma vez que 1 unidade de BTC será sempre uma unidade de BTC.

No entanto, há pessoas que compram Bitcoin com o intuito de apostar na sua valorização futura, com a intenção de liquidar o lucro depois, ou seja, comprar Bitcoin deve ser considerado uma compra visando sempre como uma aposta na sua valorização, tal como comprar Ouro e Dólar apostando em uma crise política ou financeira, por exemplo.

Apesar de o ato de comprar Bitcoin ser classificado como o de esperar um benefício futuro de sua valorização, o ativo em questão não pode ser classificado como investimento por conta das características sobre investimentos descritas acima.

O uso do termo “investimento” em Bitcoin pode levar a confusões que são aproveitadas por agentes mal intencionados no mercado, que oferecem supostos juros ou remunerações para que os seus clientes invistam em “fundos de Bitcoins”.

Portanto, tecnicamente não existe o ato de investir em Bitcoin, o que existe é o ato de realizar uma compra de Bitcoin apostando na sua valorização, correndo o risco de o mesmo desvalorizar.

Risco x Retorno do Bitcoin – O quanto devo comprar?

O Bitcoin é um ativo extremamente volátil e de altíssimo risco, por estes motivos, quem está interessado em comprar precisa conhecer e estudar sobre o ativo em questão, além disso, é necessário ter um gerenciamento de riscos para evitar a perda de um capital que seria necessário para arcar com obrigações ou que irá fazer falta no curto prazo.

O recomendado é que o comprador alocar uma parte do seu capital o qual esteja disposto a apostar e que seja fácil de lidar com uma eventual perda.

Ou seja, quem deseja comprar Bitcoin não deve vender sua casa para comprar a moeda digital, por exemplo, apesar de haver a possibilidade de tal atitude possibilitar um ganho extraordinário, dependendo do cenário, há também a possibilidade perda de grande parte do capital.

Vale a pena comprar bitcoin?

Se você é uma pessoa que está disposta a abrir mão de uma quantia do seu capital que não lhe faz falta, para pensar no longo prazo, o Bitcoin pode ser uma alternativa que lhe trará retornos extraordinários futuramente. Quem comprou no começo de 2017 viu suas unidades de BTC valorizarem extraordinariamente até Dezembro, apesar da queda do preço, quem comprou ainda no começo de 2017 está no lucro.

Vale lembrar que o Bitcoin é um ativo extremamente escasso, só poderão existir 21 milhões de unidades, quantidade que não poderá ser aumentada futuramente. Caso todos os milionários do mundo queiram comprar 1 BTC, não haverá moedas para todos, o que pode provocar uma corrida que faria o seu preço aumentar exponencialmente.

No entanto, se você enxerga apenas o curto prazo, o Bitcoin pode se mostrar uma alternativa não tão atrativa. Quem comprou em dezembro de 2017 na intenção de esperar a moeda valorizar teve um prejuízo de 70% até o fundo registrado em fevereiro. Quem possui Bitcoin deve estar preparado para grandes quedas e também para grandes altas no seu preço.


Esta foi uma queda em um intervalo de apenas 9 dias, ou seja, quem comprou um bitcoin a US$9188 viu seu capital diminuir em 31% neste intervalo.

Um comprador de curto prazo teria certamente um grande prejuízo, fazendo o Bitcoin um ativo não tão atrativo para aplicar seu capital quando observado por este ponto de vista.

Por outro lado, uma pessoa que acredita na importância de ter um dinheiro genuinamente escasso, descentralizado com uma tecnologia disruptiva por trás, teve a chance de ver o seu capital crescer em escala exponencial nos últimos anos, por este motivo, é importante comprar Bitcoin pensando no longo prazo, conhecendo sobre sua tecnologia e aplicabilidade.

Olhando por este ponto de vista, o Bitcoin é um ativo extraordinário, porque pela primeira vez em décadas dá a chance de as pessoas e libertarem de grandes bancos e governos. O gráfico abaixo mostra a subida do Bitcoin nos últimos anos, além disso, também serve para reflexão:


Enfim, o Bitcoin pode ser uma alternativa para que o seu capital possa apresentar grandes retornos no médio e longo prazo, no entanto, deve ser visto como um ativo que possui um elevadíssimo risco, pois se o mesmo encontra facilidade para subir de preço muito rápido, encontra também facilidade para despencar rapidamente de um dia para o outro.

Por conta disso, é recomendado utilizar apenas um capital que não lhe fará falta no presente, pois os retornos são incertos, podendo haver até perda em um primeiro momento, entretanto, o Bitcoin pode ser uma excelente escolha para lucros no médio e longo prazo, entre 1 e 5 anos.