Como é a educação financeira no Brasil?

fev 11, 2020 | Educação Financeira

O índice de inadimplentes do Brasil é bem alto, isso porque a educação financeira em nosso país praticamente não existe. Quando alguém fala sobre esse tema, a maioria das pessoas já pensam em planilhas de gastos gigantes, números e fórmulas impossíveis de fazer sem conhecimento prévio, porém, não precisa ser um assunto chato, na verdade pode ser muito interessante, visto que, sua saúde financeira depende disso. Vamos te mostrar que tudo é uma questão de criar hábitos e mudança de vida. 

O que é exatamente educação financeira?

O propósito da educação financeira é de auxiliar os consumidores na administração de seus gastos e rendimentos, calculando e fazendo equilíbrio entre o que entra e o que sai, para que ocorra o consumo consciente de gastos e ajuda na tomada de decisões.   

Muitas pessoas pensam que educação financeira é o mesmo que investir, mas não são a mesma coisa, elas se completam, porém não se misturam. 

Vamos começar pela definição de cada uma delas:

Educação financeira: É a ciência que estuda o comportamento humano em relação ao dinheiro, trabalha na diferenciação entre o ser e o ter. E como ter autonomia do seu dinheiro, controle sobre ele, para a tão desejada independência financeira.  

É onde os indivíduos melhoram sua compreensão através de conhecimento com informações, cursos e orientações. 

Após você ter essa noção de educação financeira você pode partir para o próximo passo, que seria o investimento, que nada mais é potencializar o seu dinheiro. Vamos para a definição do que é investir para você entender de maneira mais clara. 

Investir: É o ato de aplicar capital com a expectativo de um retorno futuro, ou seja, um rendimento sobre o dinheiro investido como, juros, dividendos ou lucros. Para que ocorra sucesso em seus investimentos, você tem que entender o risco x retorno de suas aplicações, explicamos com detalhes sobre esse assunto em nosso post

Qual a importância da educação financeira nas escolas? 

Ações individuais quando somadas influenciam o meio social e financeiro em que vivemos, as escolhas que fazemos durante cada dia influencia nossa vida, e muitas dessas escolhas tem a ver com a parte financeira, então é importante consumir e poupar de modo mais consciente, tendo em mente que os recursos são finitos, a importância de economizar se torna mais evidente e necessária e quanto antes esse aprendizado acontecer, melhor não é mesmo? Pois assim, asseguramos nossa segurança e tranquilidade presente e futura.   

Educação financeira nas escolas é um meio de perceber desde cedo como nossas escolhas e ações estão conectadas influenciando diretamente nossa vida, para tomar decisões corretas é importante saber olhar adiante e ter uma cabeça fria e racional, com esse ensinamento desde a escola facilitaria a vida de um jovem adulto por exemplo.

Já entendemos o que é educação financeira, qual a diferença dela com investimento e a importância desse aprendizado na infância, mas ainda não sabemos como obter essa prática. É o que vamos responder na próxima pergunta. 

Como ter educação financeira?

Primeiro você tem que aprender a ter a cultura de guardar dinheiro, o que não é fácil, pois para isso, temos que mudar nossos conceitos, já que isso está enraizado na cultura de nosso país. 

Uma outra dica é que você entenda a sua rotina de gastos pessoais, você só vai começar a evoluir financeiramente a partir do momento de ter um bom controle sobre seus gastos e rendimentos. 

Disponibilizamos em nosso post, uma planilha para controle pessoais de gasto, é só você baixar e preencher corretamente.

Outra dica bem importante também é, sempre estudar, desenvolvemos vários posts educativos a respeito de educação financeira, tipos de investimentos e relacionados ao mundo de criptomoedas. 

Últimos posts

SatoshiCall

Quer ficar por dentro das principais notícias do mercado?

Deixe o seu e-mail* ao lado e receba o SatoshiCall, nossa newsletter diária com as principais notícias do mercado financeiro.