Mercurius Report #04

jul 1, 2020 | Report Semanal

A euforia e estabilidade que estávamos observando no mercado de capitais foi trocada por medo e angústia por parte dos investidores em relação a uma segunda onda de casos do COVID-19 pelo mundo.

Após Estados Unidos, China e Austrália registrarem casos crescentes de coronavírus, o risco de um novo lockdown nesses países se tornou real e desanimou o mercado, apesar dos diversos incentivos econômicos que o Fed vem realizando.

Acompanhando os principais índices do mundo, o Bitcoin também desvalorizou nos últimos sete dias cerca de 5%, chegando a atingir valores abaixo dos 9.000 USD no final de semana.

Isso fez com que a correlação entre a criptomoeda e o S&P 500 voltasse a crescer no curto prazo, o que sinaliza que a criptomoeda, no curto prazo, se comporta como um ativo de risco em momentos de estresse do mercado.

Tal movimento foi refletido nos principais indicadores técnicos do mercado. O Bitcoin formou topo em seu gráfico semanal, em movimento semelhante ao de outubro de 2019, o que pressupõe, pelo seu histórico, uma queda na região dos 7.000 USD.

Essa conclusão é reforçada pelo volume de contratos em aberto. Desde o último topo formado pelo BTC em um gráfico semanal (o do dia 07/06), o volume de contratos abertos para short subiu aproximadamente 3,5% e para long caiu 25%.

Entretanto, não há nada definido em relação ao preço do ativo, visto que com a baixa volatilidade da criptomoeda (atingiu a menor volatilidade mensal e semanal do ano nessa semana), ocorreu uma redução considerável no volume de Bitcoins operados, o que pode facilitar uma eventual manipulação de mercado e, consequentemente, desconfigurar os indicadores técnicos.

Para saber mais das perspectivas de mercado, baixe o relatório completo, de forma gratuita, o Mercurius Report #04.

Últimos posts

SatoshiCall

Quer ficar por dentro das principais notícias do mercado?

Deixe o seu e-mail* ao lado e receba o SatoshiCall, nossa newsletter diária com as principais notícias do mercado financeiro.